Todos focados na vitória

Vamos espalhar a verdade porque é isso que o eleitor precisa saber

Publicado em 24/10/2016 - 00:00

Apenas seis dias nos separam das eleições do segundo turno que serão realizadas no próximo domingo (30). O Partido Republicano Brasileiro (PRB) vem trabalhando arduamente para que, nas seis cidades em que o partido disputará a prefeitura, tudo ocorra de acordo com os trâmites da lei. Estamos atentos às campanhas realizadas no Estado do Rio de Janeiro, com o senador Marcelo Crivella; em São Gonçalo, com Dejorge; e em Volta Redonda, com Baltazar. Haverá disputa ainda no Rio Grande do Sul, em Canoas e Caxias do Sul, e em São Paulo, em Diadema. 

Nossa atenção é especialmente voltada ao respeito às leis, aos trâmites legais que envolvem uma eleição. Outra preocupação é municiar a imprensa de informações. Nós, do PRB, primamos no bom relacionamento com a imprensa, porque entendemos a importância da informação, o valor de, por meio de matérias jornalísticas, deixar a população bem informada de tudo o que acontece no país. Não apenas em período de eleição, mas sempre. É salutar que todos entendam e estejam atualizados sobre a política de nosso país. 

Mas, realmente ficamos indignados com matérias mal apuradas, sensacionalistas e com a finalidade de denegrir a imagem de quem quer que seja, tais como, a capa divulgada pela revista Veja, em que o senador Marcelo Crivella aparece em fotos tiradas após ser detido em 1990. 

O teor da matéria é sobre um fato ocorrido há 26 anos e que faz parte de um processo que Crivella moveu contra um delegado (já falecido) por ter considerado a ação policial abuso de poder. Não vou me ater aos fatos, peço, por favor, que acessem a nota oficial da campanha de Crivella: (http://prb10rj.org.br/nota-oficial-3).

Desejo reiterar a nossa indignação. Estamos no fim da campanha, mas diariamente estamos vivenciando ataques, injúrias, matérias mal apuradas, editadas de forma grosseira; capas de jornal com chamadas tendenciosas, um festival de mentiras que descaradamente estão sendo lançadas contra Crivella que, ainda assim, se mantém na liderança das pesquisas de intenção de votos.

Toda esta lamentável corrida é para tentar desconstruir a imagem de Crivella, o histórico de um político comprometido com a população e com a coisa pública. Seria o fim do jornalismo sério neste país? 

E o que dizer da campanha de Freixo, totalmente pautada em inverdades, ataques e preconceito religioso? Esta semana o juiz Marcelo Rubiolli determinou que Freixo suspendesse a inserção na TV, em que usa trechos editados de Crivella pregando durante um culto. Foi dado ao nosso candidato o direito de resposta. Rubiolli disse que a postura do candidato Freixo é “lamentável”, classificou  ainda a campanha difamatória no segundo turno como “odiosa”. 

Outra decisão, prevê 9 minutos de direito de resposta  na TV, contra Freixo, referente às inserções que ele ligava o senador Crivella à milícia.

Freixo, no entanto, prossegue em sua saga desesperada e mal intencionada por votos. E, nos últimos dias, provavelmente membros do PSOL protagonizarão um lamentável show de calúnias e inverdades, inclusive nas redes sociais. Eles correm contra o tempo, afinal, a campanha na TV termina na próxima sexta-feira (28).

Quero conclamar os nossos candidatos a vereadores, militantes, movimentos setoriais, em especial o PRB Juventude, de todo o país a entrarem na campanha de Crivella nesta última semana. Estejam conosco nas redes sociais. Vamos espalhar a verdade porque é isso que o eleitor precisa saber. Acesse e compartilhe as propostas de Crivella, seu plano de governo para a prefeitura (https://crivella10.com.br/rio/propostas/). Sua participação é muito importante. Estejamos focados na vitória de Crivella. Vamos para as ruas, fale com seus amigos e familiares. Multiplique os seus votos, pois, juntos, conseguiremos o nosso objetivo, que é a mudança do Rio de Janeiro e dos municípios que elegerão prefeitos do PRB no segundo turno. Avante!

Eduardo Lopes
Presidente Nacional do PRB (Interino)

Reportar Erro