PRB e a CPI da Petrobras

O PRB não pode se furtar a contribuir com as investigações

Publicado em 07/04/2014 - 00:00

Na última semana, a bancada de deputados federais do PRB decidiu assinar, em Brasília, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar as denúncias de corrupção na Petrobras. A suspeita do prejuízo de mais de R$ 1,2 bilhão na compra de uma refinaria nos Estados Unidos colocou a maior empresa pública do Brasil numa crise sem precedentes.

Embora seja aliado do governo federal, talvez o principal alvo das denúncias, o PRB não pode se furtar a contribuir com as investigações. Não compactuamos com qualquer tipo de prejuízo ao erário e ainda incentivamos a apuração e dura punição aos que eventualmente forem achados culpados. Isso também serve para os municípios e estados. Não tem conversa.

O respeito ao dinheiro público é a raiz da existência do PRB. Não é à toa que carregamos em nossa bandeira o “R” de Republicano. Se fizéssemos vistas grossas a essas evidências estaríamos traindo não somente aqueles que acreditam no partido, mas nossa própria história. O povo brasileiro, que paga um dos impostos mais altos do mundo (senão o maior), merece saber o que de fato ocorreu.

A verdade é que o Brasil precisa passar por uma transformação profunda. Há uma grave crise de credibilidade das instituições públicas nociva à estabilidade econômica do país. A missão do PRB é justamente zelar pelo patrimônio de todos nós e trabalhar bastante para fazer o Brasil avançar. Muito já foi feito, é verdade, mas precisamos ir além. Você e eu sabemos que é possível.

Vamos juntos!

 

Marcos Pereira

Presidente Nacional do PRB

Reportar Erro
Send this to a friend