Vitor Paulo quer medidas protetivas para os idosos

Projeto apresentado pelo republicano inclui a aplicação de medida protetiva à pessoa idosa em situação de violência doméstica, nos moldes da Lei nº 11.340/2006 – Lei Maria da Penha

Publicado em 04/11/2018 - 00:00

Vitor Paulo quer medidas protetivas para os idosos
Projeto apresentado pelo republicano inclui a aplicação de medida protetiva à pessoa idosa em situação de violência doméstica, nos moldes da Lei nº 11.340/2006 – Lei Maria da Penha

 Brasília (DF) – A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei nº 10.843/2018, de autoria do deputado federal Vitor Paulo (PRB-DF), que inclui a aplicação de medida protetiva à pessoa idosa em situação de violência doméstica, nos moldes da Lei nº 11.340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha.

De acordo com o texto, ao ser constatada a prática de violência doméstica e familiar contra a pessoa idosa serão aplicadas as medidas protetivas de urgência elencadas no Capítulo II da referida Lei. Ainda conforme o texto, para a configuração da violência doméstica contra a pessoa idosa serão observadas as disposições contidas nos Artigos 5º ao 7º da Lei Maria da Penha. Caso seja aprovado, o diferencial será que tal dispositivo vai servir para a identificação da conduta, independentemente se praticada contra homem ou mulher ou ambos, desde que idosos.

“Eles vêm sofrendo violência em seus domicílios e fora deles, revelando a gravidade do problema e a necessidade premente da intervenção do Estado e da sociedade”, destacou o deputado em sua justificativa.

O texto da proposta ainda define que as demais disposições contidas na Lei nº 11.340/2006 poderão ser adotadas para a proteção da pessoa idosa, conforme a necessidade da situação apresentada.

Vitor Paulo considera que a Lei Maria da Penha foi um grande avanço na história da legislação brasileira no sentido de proteção à mulher em situação de risco de violência doméstica e familiar e que, por isso, pode servir de exemplo para a proteção também dos idosos, dada as suas fragilidades.

Para a apresentação do projeto, o republicano se inspirou no fato de que recentemente, na cidade de Franca, em São Paulo, o promotor Murilo Lemos Jorge conseguiu um feito memorável, ele aliou o Estatuto do Idoso e a Lei Maria da Penha para requerer medidas protetivas em favor de idosos que se encontravam em situação de risco à integridade física e moral por conta de um familiar usuário de drogas e com transtornos psiquiátricos.

“Devemos ficar atentos para o fato de que a situação de violência familiar contra os idosos está com índices alarmantes. Aqui no Distrito Federal, por exemplo, segundo dados apresentados no Mapa da Violência contra a Pessoa Idosa, produzido pela Central Judicial do Idoso do Tribunal de Justiça do DF, cerca de 65% dos casos de violência doméstica são de filhos contra seus pais”, alertou Vitor Paulo.

O Mapa da Violência contra a Pessoa Idosa do Distrito Federal revela ainda que a vítima é principalmente a mulher idosa, na faixa dos 60 a 69 anos.

Texto: Ascom – deputado federal Vitor Paulo
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend