Vereadora Ireuda Silva sugere implantação do Relógio Municipal da Violência em Salvador

O objetivo é contabilizar, em tempo real, o número de casos de violência contra a mulher no município

Publicado em 15/05/2019 - 00:00

Vereadora Ireuda Silva sugere implantação do Relógio Municipal da Violência em Salvador
O objetivo é contabilizar, em tempo real, o número de casos de violência contra a mulher no município

Salvador (BA) – A vereadora Ireuda Silva (PRB), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara de Salvador, apresentou um projeto de indicação para sugerir ao prefeito ACM Neto a implantação do Relógio Municipal da Violência, nas formas física e on-line. O objetivo é contabilizar, em tempo real, o número de casos de violência contra a mulher no município.

A iniciativa é inspirada no site www.relogiosdaviolencia.com.br, que também mensura episódios de assédio sexual no Brasil e em outros países. “A cada 45 minutos uma mulher é agredida em Salvador. É um problema que está intimamente relacionado à nossa cultura machista e patriarcal. Portanto, é dever do poder público atuar no combate à violência e também de forma educativa”, avalia Ireuda.

Na Bahia, existem 15 delegacias especializadas no atendimento à mulher, sendo duas delas em Salvador. Dentre as ações da vereadora Ireuda em torno do tema está a campanha “Meu corpo não é sua fantasia”, iniciada no Carnaval de Salvador e que manterá vigilância constante ao longo do ano.

Texto e foto: Ascom – vereadora Ireuda Silva

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro