Venda de imóvel residencial novo terá nova isenção de IR

Mais um projeto do senador licenciado Marcelo Crivella é aprovado

Publicado em 22/05/2013 - 00:00

22_05_13_destaque01_rj_aprovada_segunda_isencao_do_ir_na_venda_de_imovel_residencial_novo_capa
Projeto do senador licenciado Marcelo Crivella (PRB-RJ) assegura, durante cinco anos, a segunda isenção do Imposto de Renda na venda de imóvel residencial

Brasília (DF) – A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou projeto do senador licenciado Marcelo Crivella (PRB-RJ) que assegura, durante cinco anos, a segunda isenção do Imposto de Renda na venda de imóvel residencial (PLS 604/2011). Atualmente, o dono de imóvel residencial é isento de pagar Imposto de Renda sobre o ganho obtido com a venda desse bem se utilizar o dinheiro para comprar outra moradia em até 180 dias. Mas o benefício só pode ser usado uma vez no prazo de cinco anos.

O PLS 604/2011 não isenta totalmente o contribuinte nessa segunda operação. Haverá um desconto de 50% sobre o valor do imposto apurado sobre o ganho obtido. Além disso, condiciona a concessão do abatimento exclusivamente aos casos em que o vendedor aplicar o dinheiro da venda, em até 180 dias, na aquisição de imóvel residencial novo. Na primeira vez, a escolha pode ser tanto por imóvel novo como usado.

22_05_13_destaque01_rj_aprovada_segunda_isencao_do_ir_na_venda_de_imovel_residencial_novo_internaO projeto recebeu parecer favorável da CAE. Aprovado em decisão terminativa, o texto pode seguir diretamente para exame na Câmara dos Deputados se não houver recurso para exame pelo Plenário do Senado.

Fonte: Agência Senado
Edição: Helen Assumpção / Agência PRB Nacional
Foto: Divulgação

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro