Tia Ju quer “observatório” na Alerj para acompanhar ações da Intervenção Militar no RJ

Para a líder do PRB na Alerj, o foco das ações tem que ser no tráfico de drogas e de armas, e nos bandidos que ocupam territórios

Publicado em 17/02/2018 - 00:00

Tia Ju quer “observatório” na Alerj para acompanhar ações da Intervenção Militar no RJ
Segundo ela, o foco das ações tem que ser no tráfico de drogas e de armas, e nos bandidos que ocupam territórios

Rio de Janeiro (RJ) – A líder do PRB na Alerj, a deputada estadual Tia Ju (PRB-RJ) defende Intervenção Militar no Rio desde que o foco seja a bandidagem. Segundo ela, a necessidade de uma ação mais rígida e integrada na área de segurança é mais do que necessária, mas a deputada teme que a população menos favorecida seja prejudicada com a ostensividade das ações.

“É obvio que temos que defender uma solução enérgica na área de segurança pública no estado do Rio de Janeiro, principalmente pelos últimos acontecimentos que criaram uma estatística enorme de pessoas de bem e policiais militares vitimadas por esta violência desenfreada. E o que mais nos preocupa é a violência que interrompe o nosso futuro quando crianças são mortas por balas perdidas ou são impedidas de ir para as escolas por conta da violência. Mas precisamos ter um olhar mais próximo do que será feito nesta intervenção”, disse a republicana.

Segundo ela, o foco das ações tem que ser no tráfico de drogas e de armas, e nos bandidos que ocupam territórios criando uma poder paralelo, mas com o cuidado com a população menos favorecida que vive nas áreas conflagradas.

Por isso, Tia Ju pretende propor ao presidente em exercício da Alerj, o deputado André Ceciliano (PT), que casa crie uma espécie de “Observatório” para acompanhar de perto o trabalho que será feito no pelo Exército no Rio de Janeiro até dezembro deste ano.

“A população menos favorecida é vítima e também refém desta violência que nos atinge. Não podemos deixar que ela afetada de maneira negativa simplesmente por viver próximo às áreas de conflito. É preciso cuidado com as pessoas de bem que residem nestas localidades”, ressaltou a deputada do PRB.

Texto e foto: Ascom – deputada estadual Tia Ju

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend