Telefones emergenciais poderão vir programados no chip dos celulares

Republicano lembra que a maioria das pessoas desconhece números de emergência.

Publicado em 21/08/2014 - 00:00

01_11_13_destaque02_ba_popo_comanda_audiencia_marketing_multinivel
Republicano lembra que a maioria das pessoas desconhece números de emergência.

 

Brasília (DF) – Projeto de Lei (PL 5068/13) aprovado na Câmara dos Deputados pretende obrigar empresas de telefonia celular a programar, no chip dos aparelhos, os números de telefones emergenciais e do serviço de atendimento ao usuário. O autor do projeto, deputado Acelino Popó (PRB-BA), ressalta que é necessário que todas as pessoas tenham em suas agendas números de emergência: “Todos os números emergenciais, quando você colocar o seu chip, seja qualquer operadora, obrigatoriamente, cai todos os números emergenciais na agenda do seu celular.”

Em 2004, a Anatel publicou resolução que determina que as chamadas destinadas a serviços de emergência sejam gratuitas, mas não esclarece quais são os números. O deputado Acelino Popó lembra que muitas pessoas desconhecem os números de emergência: “Muita gente não sabe o número do SAMU e não sabe outros números emergenciais. Se a gente quiser números emergenciais a gente tem que gastar 1 real e algumas coisas, para o 102, disque informação, para passar informação de algum número.”

Na proposta, o chip deve estar programado com os números emergenciais dos bombeiros, emergência médica, disque denúncia, polícia rodoviária federal, polícia civil do Estado, defesa civil e atendimento ao usuário da operadora responsável pela linha.

O projeto de lei está sendo analisado pelo Senado Federal.

Fonte: Agência Câmara de Notícias
Foto: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro