Secretário Eduardo Lopes prestigia lançamento do “Mãos à Horta” em Mesquita (RJ)

Cerca de 30 alunos do Craes Banco de Areia, na Baixada Fluminense, plantaram 250 mudas de hortaliças e plantas medicinais, na primeira horta orgânica comunitária da região

Publicado em 29/05/2019 - 00:00

Secretário Eduardo Lopes prestigia lançamento do “Mãos à Horta” em Mesquita (RJ)
Cerca de 30 alunos do Craes Banco de Areia, na Baixada Fluminense, plantaram 250 mudas de hortaliças e plantas medicinais, na primeira horta orgânica comunitária da região

Mesquita (RJ) – Cerca de 30 alunos do Centro de Referência de Assistência Social (Craes) Banco de Areia, na Baixada Fluminense, plantaram, na terça-feira (28), 250 mudas de hortaliças e plantas medicinais, na primeira horta orgânica comunitária da região.

Secretário Eduardo Lopes prestigia lançamento do “Mãos à Horta” em Mesquita (RJ)O secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappa), Eduardo Lopes (PRB), participou do lançamento do projeto “Mãos à Horta” ao lado de técnicos da Emater-Rio, da idealizadora do projeto, Aparecida Passos, do prefeito de Mesquita, Jorge Lúcio Ferreira, e da secretária de Assistência Social, Cristina Quaresma.

“Trata-se de uma horta comunitária orgânica utilizada pelo serviço de convivência, fortalecimento, vínculos (idosos) e alunos de oito escolas municipais. Esta é apenas a primeira horta com parceria da Seapppa”, comentou o republicano.

De acordo com o secretário, ações como esta ajudam no processo de educação e sustentabilidade. “O projeto ‘Mãos à Horta’ atinge crianças e idosos com o objetivo de gerar aproximação e conhecimento da plantação, além do cuidado com as hortaliças. Nas aulas disponibilizadas no projeto, será ensinada uma agricultura saudável, orgânica, com todos os cuidados que hoje são exigidos. Portanto, o desejo é ampliar esse projeto”, disse o secretário.

Secretário Eduardo Lopes prestigia lançamento do “Mãos à Horta” em Mesquita (RJ)Ao todo, oito escolas municipais na Baixada Fluminense já fazem parte do projeto, que tem como objetivo, alcançar outras unidades de ensino em todo o Rio de Janeiro. A proposta é que alunos participem de oficinas sobre agroecologia, abordando ecopedagogia e ecotécnicas, de forma que sejam associadas à prática do cultivo de hortas.

“Os alunos e idosos vão aprender desde o plantio à colheita. Além de indicada como uma atividade terapêutica e de interação, a prática pode ser aplicada como método de ensino de Ciências e Educação Ambiental, além, é claro, de estimular uma alimentação mais saudável e também conscientizar e sensibilizar os participantes sobre questões ambientais”, explicou a idealizadora do “Mãos à Horta”.

“O projeto da Secretaria de Agricultura de Estado, juntamente com a Emater-Rio, empresa vinculada, é de extrema importância. Vale ressaltar a maior atenção na parte da agricultura, sem esquecer a parte humana, trazendo aos alunos toda uma vivência do convívio social e alimentação saudável e sustentável, além de ocupar estes jovens lhes ensinando técnicas. Sete municípios já estão inscritos no Projeto ‘Mãos à Horta’. Mesquita foi o primeiro município contemplado, logo depois virão Niterói, Rio de Janeiro, Três Rios, Carapebus, Itaocara e Santo Antônio de Pádua”, afirmou o diretor de Projetos da Seappa, Alex Huah.

Texto: Ascom – PRB Rio de Janeiro
Fotos: Demóstenes Ramos

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro