Secretaria de Desenvolvimento Urbano é destaque em Salvador

Secretaria utiliza peças sustentáveis em obras de Salvador

Publicado em 20/08/2013 - 00:00

20_08_13_destaque04_ba_secretaria_desenvolvimento_urbano_destaque_utilizacao_entulho
Deputado estadual Sidelvan Nóbrega (PRB), indicou o engenheiro Marcílio Bastos (PRB) para a presidência da Desal

Salvador (BA) – Conduzida pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), a Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), vinculada à Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Sindec) vem se destacando pelo reaproveitamento do material de demolição (entulho) para a produção de meio-fio, pisos, lajotas e manilhas.

As peças produzidas pela companhia vêm sendo utilizadas em obras de requalificação e recuperação de praças e vias urbanas desde o início do ano, quando o PRB Bahia através de seu presidente municipal, deputado estadual Sidelvan Nóbrega (PRB), indicou o engenheiro Marcílio Bastos (PRB) para a presidência da Desal.

Produzidas a partir de matéria-prima oriunda dos antigos abrigos de ônibus, que estão sendo substituídos por estruturas de metal, mais leve e de fácil manutenção, as peças têm causado um impacto positivo no meio ambiente na medida em que diminui o depósito de resíduos nos aterros sanitários de Salvador.

Além de contribuir para o desenvolvimento sustentável da cidade, Bastos espera que a medida reduza os gastos para o erário público. “Ainda está sendo realizado um levantamento de impacto nos custos com a adoção de material sustentável, mas acredito que a prática reduzirá 20% aos cofres municipais”, explica.

Texto: Daiane Baruque / Ascom – José de Arimateia
Foto: Divulgação

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro