Romeu Tuma tem projeto para acabar com os escritórios dos crimes nos presídios

Para o candidato a deputado federal, é preciso ampliar a segurança nos presídios e separar os presos por crimes cometidos

Publicado em 06/09/2018 - 00:00

Para o candidato a deputado federal, é preciso ampliar a segurança nos presídios e separar os presos por crimes cometidos

São Paulo (SP) – Candidato a deputado federal por São Paulo, o republicano Romeu Tuma afirmou que se eleito apresentará um projeto para acabar com o escritório do crime dentro dos presídios. “Além do fácil acesso a telefones, contato direto com seus ‘assessores’ e muito tempo livre para articularem seus crimes, o maior problema está na aglomeração carcerária”, destacou o candidato.

“Quando você ouve uma notícia que um líder de facção criminosa mandou assassinar alguém, comandou um sequestro, uma importação de drogas ou armas, você pensa: Esse cara não está preso? Como ele fez isso?”, frisou o candidato do PRB. Romeu Tuma tem um projeto chamado Presídios por Tipo de Incidência Penal (Pispe) que visa separar os presos pelos tipos de crimes cometidos e isolar os líderes de facções criminosas.

Segundo Tuma, esse será um importante passo para melhora efetiva da segurança pública tanto dentro, quanto fora dos presídios. O projeto será implantado no modelo Parceria Público Privado, economizando dinheiro público para que o governo possa investir na valorização e capacitação dos agentes penitenciários.

Texto: Agência PRB Nacional
Foto: Ascom – Romeu Turma

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend