Robson Magela cobra providências da prefeitura sobre lixão em Araxá (MG)

Robson Magela cobra providências da prefeitura sobre lixão em Araxá (MG)

Vereador cobrou providências da Prefeitura de Araxá sobre lixão que se formou no Distrito Industrial da cidade, às margens da BR-262, saída para Uberaba

Publicado em 03/08/2017 - 00:00

Robson Magela cobra providências da prefeitura sobre lixão em Araxá (MG)
Vereador cobrou providências da Prefeitura de Araxá sobre lixão que se formou no Distrito Industrial da cidade, às margens da BR-262, saída para Uberaba

Araxá (MG) – O vereador Robson Magela (PRB) tratou de um caso grave de degradação ambiental em Araxá ao usar a tribuna na reunião ordinária da câmara nesta terça-feira, 1º de agosto. O republicano cobrou providências da Prefeitura de Araxá sobre o lixão que se formou no Distrito Industrial da cidade, às margens da BR-262, na saída para Uberaba. Robson informou que a prefeitura já foi multada pela degradação ambiental causada no local.

O parlamentar lembrou que o problema começou na gestão do ex-prefeito Jeová Moreira da Costa, que instalou uma central de processamento de resíduos da construção civil no Distrito Industrial sem levar em consideração os fatores técnicos que deveriam ser observados.

“Desde então se formou um verdadeiro lixão no Distrito Industrial, pois não estão jogando apenas os resíduos da construção civil no local. Jogam de tudo lá. Tem sofá, cama, guarda-roupa, mesa, cadeira, engradado de cerveja”, disse o vereador ao mostrar fotos do local.

Robson disse ainda que além do lixo que está sendo jogado no Distrito Industrial, os resíduos da construção civil depositados no local não têm nenhuma destinação. “Está tudo errado e isso está causando uma enorme degradação ambiental”, afirmou o parlamentar.

O vereador informou que o Ministério Público do Meio Ambiente entrou com uma ação contra a Prefeitura de Araxá por causa da situação no Distrito Industrial. A Justiça determinou uma multa diária de R$ 5 mil a ser aplicada no município por um prazo máximo de 30 dias, totalizando R$ 150 mil, se o problema não fosse solucionado. A Prefeitura recorreu da multa e a ação voltou para uma nova análise da Justiça.

Robson também informou que outras multas foram aplicadas no município por causa do lixão do Distrito Industrial. “No mês passado, o Núcleo de Fiscalização do Alto Paranaíba da Superintendência Regional de Meio Ambiente aplicou quatro multas na Prefeitura de Araxá pela degradação ambiental causada no Distrito Industrial. Essas quatro multas somam R$ 58.316,79”, relatou o vereador.

Para Robson, a situação prejudica também a imagem de Araxá. “É necessário resolver com urgência este problema ambiental que se agrava a cada dia e que mancha a imagem da cidade. Quem chega em Araxá pela BR-262, vindo de Uberaba, dá de cara com aquele lixão no Distrito Industrial e tem a impressão de que está chegando em uma cidade suja”, alertou o vereador.

Robson apontou qual deve ser o primeiro passo para solucionar o problema. “A prefeitura precisa acabar com este passivo ambiental. Do jeito que está, não pode continuar. O primeiro passo para a solução deste problema é a implantação de ecopontos pela cidade, que foi uma proposta apresentada aqui na tribuna pelo vereador Raphael Rios. Esse é o primeiro passo e a prefeitura tem que agir para dar os demais passos e acabar com aquele lixão”, finalizou Robson Magela.

Texto e foto: Ascom – vereador Robson Magela
Edição: Agência PRB Nacional

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro