Sintomas de coronavírus: como identificar a doença

Sintomas de coronavírus: como identificar a doença

Sintomas de coronavírus. Publicação traz informações detalhadas sobre a doença, sintomas, formas de contágio e medidas de prevenção da Covid-19.

Brasília (DF) – A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) já resultou até agora 299 mortes e 7.910 infectados em todo o Brasil, segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado nesta quinta-feira (2).

Com a chegada do outono, a temporada de doenças respiratórias é um fato, pois o clima seco e as mudanças climáticas contribuem para tais fatores. As doenças mais comuns nessa época do ano são rinite, asma, gripe, resfriado e bronquite, segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai). No entanto, os sintomas de vários problemas respiratórios do tipo se confundem com os da Covid-19. Por ser uma doença nova, muitas são as dúvidas da população sobre a infecção, os sintomas, formas de transmissão, como fazer o isolamento familiar correto e tantas outras.

Sintomas de coronavírus

Cartilha publicada pelo Ministério da Saúde traz orientações sobre a doença, já que ainda não há vacinas ou tratamento para a cura. Os sintomas mais comuns da Covid-19 são febre e tosse (geralmente seca) ou dificuldade para respirar, podendo ser acompanhada de diarreia e cansaço. Outros sintomas raros incluem espirros, dores no corpo e mal estar, coriza ou nariz entupido, dor de garganta e cabeça. Vale salientar que algumas pessoas permanecem assintomáticas.

Sintomas do novo coronavírus, gripe e resfriado na tabela, abaixo:

Sintomas de coronavírus: como identificar a doençaCaso esteja com sintomas de gripe, fique em casa por 14 dias e siga as orientações do Ministério da Saúde para o isolamento domiciliar. Só procure um hospital de referência se estiver com falta de ar.

Como ainda não há tratamento específico, os médicos tratam os sintomas para evitar o agravamento da doença e reduzir o desconforto. O Ministério da Saúde criou um protocolo para o uso dos medicamentos cloroquina e hidroxicloroquina para pacientes internados com casos graves de coronavírus, pois há estudos promissores que demonstram o benefício do uso em pacientes graves.

Procedimentos para isolamento familiar de infectados com coronavírus

Se houver alguém na sua casa diagnosticado com a Covid-19, a distância mínima entre o paciente e os demais moradores é de um metro. A pessoa infectada deverá usar máscara o tempo todo. No quarto usado para o isolamento, as janelas deverão ser mantidas abertas para circulação do ar, a porta fechada durante todo o isolamento e a maçaneta deve ser frequentemente limpa com álcool 70% ou água sanitária. Em casas com apenas um quarto, os demais moradores devem dormir na sala, longe do paciente infectado.

Itens também devem ser separados, a exemplo do lixo produzido pelo paciente contaminado, toalhas de banho, garfos, facas, colheres, copos e outros objetos. Sofás e cadeiras também não podem ser compartilhados. Os móveis da casa precisam ser limpos frequentemente com água sanitária ou álcool 70%. Depois de usar o banheiro, as mãos deverão ser higienizadas com água e sabão. Vaso sanitário, pia e demais superfícies deverão ser limpas com álcool ou água sanitária para desinfecção do ambiente.

Se uma pessoa da casa tiver diagnóstico positivo, todos os moradores ficam em isolamento por 14 dias também. Caso outro familiar da casa também inicie os sintomas leves, ele deve reiniciar o isolamento de 14 dias. 

Transmissão da Covid-19

Segundo o Ministério da Saúde, a doença pode ser transmitida por aperto de mãos, sendo a principal forma de contágio, gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro ou por meio de superfícies contaminadas como celulares, mesas, maçanetas, brinquedos, teclado de computador e outros. 

Como prevenir o contágio do coronavírus

A publicação do Ministério da Saúde também traz uma série de recomendações de como prevenir o contágio do novo coronavírus. As medidas a serem seguidas são:

– lave as mãos com água e sabão até a altura dos punhos ou use álcool em gel;
– cubra a boca e o nariz ao espirrar ou tossir;
– evite aglomerações se estiver doente;
– mantenha os ambientes bem ventilados;
– não compartilhe objetos pessoais;
– evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– mantenha uma distância mínima de cerca de dois metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando;
– evite abraços, beijos e apertos de mãos;
– adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto;
– higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças;
– não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos;
– mantenha os ambientes limpos e bem ventilados;
– Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar;
– durma bem e tenha uma alimentação saudável.

Grupos de risco da Covid-19

A preocupação das autoridades e órgãos sanitários é a saúde da população mais frágil em razão do avanço rápido da doença no país. Pessoas acima dos 60 anos e aquelas com doenças crônicas, como diabetes e doenças cardiovasculares fazem parte do grupo de risco e a recomendação é que fiquem em casa. Pessoas que utilizam medicamentos de uso contínuo, devem entrar em contato com seu médico ou pedir para algum familiar ir até o posto de saúde para buscar uma receita com validade ampliada, principalmente no período de outono e inverno, com isso se evitam aglomerações nos postos de saúde e farmácias.

Texto e fotomontagem: Agência Republicana de Comunicação – Arco

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.