Republicanos orientará contadores sobre prestação de contas

Republicanos orientará contadores sobre prestação de contas

Prestação de contas é quesito fundamental para a manutenção da transparência e legitimidade no processo eleitoral dos partidos e candidatos

Brasília (DF) – A Justiça Eleitoral está nos preparativos para realizar nos 5.568 municípios brasileiros as eleições que ocorrerão no dia 4 de outubro (1º turno). Cidadãos de 153 cidades com mais de 200 mil habitantes também poderão ir ao segundo turno, em 25 de outubro, se nenhum dos candidatos receber a maioria dos votos. A expectativa é que 146 milhões de eleitores compareçam às urnas para eleger vereadores, prefeitos e vice-prefeitos.

O planejamento não é apenas de responsabilidade da Justiça Eleitoral. Partidos políticos e pré-candidatos também devem estar atentos em torno das datas e as principais regras a serem observadas, a exemplo da prestação de contas, que é um quesito fundamental para a manutenção da transparência e legitimidade no processo eleitoral.

O tesoureiro nacional do Republicanos, Mauro Silva, explica que a prestação de contas é um dever de todos os candidatos, vices e suplentes, e das comissões provisórias nacional, estadual e municipal, em conjunto com seus respectivos administradores financeiros, se constituídos.

“A prestação de contas é fundamental, pois ela vai demonstrar a transparência dos candidatos republicanos, mas para isso é necessário conhecimento da ferramenta”, recomendou Mauro sobre o acesso ao Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE), disponibilizado pela Justiça Eleitoral.

Ele explica que a prestação de contas é um processo longo, que não é difícil, mas trabalhoso, onde ritos e procedimentos devem ser seguidos para que não haja impedimentos ou ressalvas pela Justiça Eleitoral. Para isso, o Republicanos irá disponibilizar material exclusivo para orientar candidatos, tesoureiros e contadores da sigla em todo o país. “Estamos preocupados com isso e por orientação da Executiva Nacional estamos elaborando material exclusivo para orientar nossos candidatos, tesoureiros e contadores para que tenham condições de fazer uma prestação de contas com transparência, como também de uma forma correta. Houveram mudanças na legislação e essas regras precisam ser seguidas”, afirmou.

Elaboração e prazos

A Justiça Eleitoral disponibiliza o Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) para a elaboração das prestações contas, parcial e final. A parcial deve ser apresentada de 9 a 13 de setembro. Já a prestação de contas final deve ser feita até o trigésimo dia posterior às eleições, para todos os candidatos que não concorrerem ao segundo turno e para os partidos políticos. Havendo segundo turno, as contas referentes aos dois turnos deverão ser prestadas até o vigésimo dia posterior à sua realização.

A ausência da prestação de contas pode repercutir na regularidade das contas finais.

Após o prazo para a prestação de contas final, quem não o tiver feito será notificado, em até cinco dias, para prestá-la em até 72 horas, sob pena de ter as contas julgadas como não prestadas. Os candidatos, enquanto permanecerem omissos, mesmo após eleitos, não poderão ser diplomados.

Texto e fotomontagem: Agência Republicana de Comunicação – Arco

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.