Casa da Mulher Brasileira chegará a dezenas de municípios

Casa da Mulher Brasileira chegará a dezenas de municípios

Para a secretária nacional de Políticas para as Mulheres, Cristiane Britto, novos espaços vão garantir condições para o enfrentamento à violência e a autonomia econômica da mulher

Brasília (DF) – O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) implantará a Casa da Mulher Brasileira em 25 municípios em 2020.  O espaço é um local destinado ao acolhimento e atendimento humanizado às mulheres em situação de violência.

O objetivo da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM) é facilitar o acesso aos serviços especializados de atendimento, garantindo condições para o enfrentamento à violência vivenciada, o empoderamento e a autonomia econômica da mulher.

Já foram confirmadas implementações do projeto em alguns municípios: Manaus/AM, Belo Horizonte/MG, Aracaju/SE, Cuiabá/MT, Macapá/AP, Brasília/DF, Vila Velha/ES, Cariacica/ES, Tefé/AM, Volta Redonda/RJ, Cruzeiro do Sul/AC e Uberlândia/MG.

Mas esse não é a única política da pasta em defesa das mulheres. Com cada vez mais visibilidade, os projetos, as campanhas e as ações iniciadas no ano passado serão continuados e fortalecidos, além das novas políticas e programas que serão lançados.

Ainda em 2019, a SNPM desenvolveu diversas atividades em decorrência da campanha de 16 Dias de Ativismo. Entre outros encaminhamentos, as ações tiveram a intenção de coletar subsídios para o desenvolvimento de um plano emergencial de combate ao feminicídio, que deve ser lançado em março de 2020.

A secretária nacional de políticas para mulheres, Cristiane Britto (Republicanos), falou sobre as projeções para este ano. “Iniciamos 2020 com novos projetos. A perspectiva é realizar muitas entregas para a sociedade. Entre os desafios destacamos combate ao feminicídio e a inserção das mulheres na política nas eleições municipais”, ressaltou.

Mais Mulheres na Política

Em 2020, o MMFDH ainda quer incentivar uma maior participação das mulheres na política. Pesquisas revelam que o número de mulheres em cargos políticos é bastante inferior ao número de homens que ocupam essas posições.

Um exemplo das últimas eleições para o Senado Federal, por exemplo, é que 20 estados brasileiros não têm representação feminina no Congresso Nacional. Três deles nem apresentaram candidatas. A meta do Ministério para iniciar esse projeto é que haja, pelo menos, uma mulher eleita em cada câmara municipal.

Texto e foto: Ascom – MMFDH
Edição: Agência Republicana de Comunicação (Arco)

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.