Projeto de Vinicius Carvalho torna obrigatória a fabricação de remédios sem corantes

Norma está prevista no PL 4922/16 e concede prazo de um ano para que as indústrias se adaptem à obrigação

Publicado em 31/01/2017 - 00:00

vinicius-carvalho-prb-foto-lucio-bernardo-jr-08-11-16
Norma está prevista no PL 4922/16 e concede prazo de um ano para que as indústrias se adaptem à obrigação

Brasília  (DF) – A Câmara dos Deputados analisa projeto de lei que torna obrigatória a fabricação de medicamentos sem corantes (PL 4922/16). A proposta do deputado federal Vinicius Carvalho (PRB-SP) concede prazo de um ano para que as indústrias se adaptem à obrigação.

“De acordo com estudo realizado pela Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia, dentre as reações adversas associadas aos corantes estão urticária, reação não imunológica [anafilactóide], asma, dermatite de contato, rinite, descamação, broncoespasmo, elevação dos níveis totais de hormônios tireoidianos, vômitos, dor abdominal, náuseas, eructações, indigestão, entre outros”, explicou Vinicius Carvalho.

Tramitação

O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara Notícias
Foto: Douglas Gomes

 Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro