Projeto de Bulhões recebe parecer favorável em comissão de Viação e Transporte

Caminhões com caçamba-basculante têm papel fundamental para o desenvolvimento das grandes cidades.

Publicado em 06/02/2014 - 00:00

Projeto de Bulhões recebe parecer favorável em comissão de Viação e Transporte
O relatório apresentado no dia 30 de janeiro será submetido à apreciação dos membros da comissão quando forem retomados os trabalhos.

 

Brasília (DF) – De autoria do deputado republicano Antonio Bulhões (PRB-SP), o Projeto de Lei 5.528/2013, que modifica o Código de Trânsito para tornar obrigatória a instalação de alarme de segurança em caminhões caçamba-basculante, recebeu parecer pela aprovação na Comissão de Viação e Transporte (CVT). O relatório apresentado no dia 30 de janeiro será submetido à apreciação dos membros da comissão quando forem retomados os trabalhos.

Bulhões argumenta que os caminhões com caçamba-basculante têm papel fundamental para o desenvolvimento e a manutenção das grandes cidades, mas alerta que o crescente uso desses coletores sem o dispositivo de segurança sugerido no Projeto de Lei tem acarretado considerável número de acidentes de trânsito no país.

“O problema se instala quando o motorista aciona o levantamento da caçamba para viabilizar seu uso e, ao depois, por alguma razão, se esquece de abaixá-la. Assim, com a caçamba-basculante inadvertidamente levantada, o motorista executa manobra de movimento pela rua, acabando por abalroar ponte, passarela ou quaisquer obstáculos a certa altura que cruzem o caminho desse caminhão e sua caçamba-basculante erroneamente erguida”, afirma.

De acordo com o deputado, o artigo 105 do Código de Trânsito Brasileiro enumera equipamentos obrigatórios para veículos, sem os quais a segurança das pessoas estaria seriamente comprometida. Segundo ele, a proposta de sua autoria acrescenta inciso ao art. 105, tornando obrigatório o alarme de segurança em caminhões com caçamba-basculante.

Depois de ser analisado pela Comissão de Viação e Transporte, o projeto seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania – CCJC. Se aprovado neste órgão técnico, ele será enviado diretamente ao Senado, sem a necessidade de apreciação pelo Plenário da Câmara, por se tratar de matéria conclusiva pelas comissões.

Texto: Mônica Donato / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend