Programa de capacitação feminina é lançado em Salvador (BA)

Programa de capacitação “Marias na Construção” visa proporcionar independência financeira às mulheres das comunidades carentes do município

Publicado em 17/07/2019 - 00:00

Programa de capacitação feminina é lançado em Salvador (BA)
Programa de capacitação “Marias na Construção” visa proporcionar independência financeira às mulheres das comunidades carentes do município

Salvador (BA) – A secretária de Política para as Mulheres de Salvador, Rogéria Santos (PRB), lançou, na segunda-feira (15), o projeto de capacitação feminina “Marias na Construção”, com o objetivo de proporcionar independência financeira às mulheres das comunidades carentes do município. A capacitação ocorrerá por meio de cursos gratuitos de construção civil exclusivo para mulheres. O nome do programa homenageia a primeira mestre de obras da Bahia, Maria do Amparo Xavier. 

Programa de capacitação feminina é lançado em Salvador (BA)

A ação conta com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que ofertará a qualificação profissional, e da Defesa Civil de Salvador (Codesal), que trará informações técnicas acerca de construções seguras no município. Além disso, a iniciativa também terá apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que oferecerá conhecimento sobre empreendedorismo, acesso à crédito, e da Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), que garantirá a inserção no mercado de trabalho para as alunas que mais se destacarem durante o curso.

Para Rogéria Santos, “o ‘Marias na Construção’ irá proporcionar a independência financeira das nossas mulheres e irá alcançar inicialmente 100 mulheres de cada comunidade carente de Salvador”.

A secretária nacional de Políticas para Mulheres do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Cristiane Britto (PRB), participou do lançamento do programa. “A Bahia está entre os estados com os maiores índices de violência contra a mulher no Brasil, e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos precisa conhecer de perto essa realidade, além de fortalecer o diálogo em prol das mulheres. Projetos como esse são importantes, pois ao oferecerem condições de empregabilidade, reduzem as chances de permanência das mulheres no ciclo da violência”, afirmou Britto.

Além das republicanas, participaram da cerimônia de lançamento o prefeito ACM Neto; o vice-prefeito Bruno Reis; e funcionários da Defesa Civil de Salvador (Codesal), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Bahia) e da Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra).

Dados da violência

De acordo com o Atlas da Violência, a Bahia apresentou um crescimento de 84,2% na taxa de homicídios de mulheres, no período de 2007 a 2017. O Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher) registrou 3.141 denúncias de violência contra a mulher no estado, apenas no primeiro semestre deste ano.

Texto: Gabbriela Veras / Ascom – PRB Mulher Nacional, com informações do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos
Fotos: Ascom – secretária Rogéria Santos

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro