Professora Ana Lúcia quer vagas de trabalho para mulheres vítimas de violência doméstica

Projeto da republicana reserva 10% das vagas de trabalho às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, em empresas prestadoras de serviços do Recife

Publicado em 12/10/2017 - 00:00

Para Professora Ana Lúcia, a autonomia financeira é um dos principais fatores que ajudam as mulheres vítimas de violência doméstica a romperem com o ciclo de agressão

Recife (PE) – Assegurar vagas de trabalho às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, em empresas prestadoras de serviços, é o objetivo do projeto de lei 322/2017 da vereadora Professora Ana Lúcia (PRB). A reserva de vagas de trabalho poderá existir caso a proposta seja aprovada no plenário da Câmara Municipal do Recife. De acordo com a proposição, ficam reservadas 10% das vagas de trabalho às mulheres que tenham obtido medida protetiva e que estejam sendo assistidas por centros de referências destinados a cuidar da mulher vítima de agressão. 

Segundo a republicana, em 2015, o governo divulgou um estudo mostrando que a cada sete minutos uma mulher é vítima de violência doméstica no Brasil e que uma em cada quatro mulheres relata ter sido vítima de violência psicológica ou física.

A vereadora lembrou ainda que, embora o governo brasileiro tenha reconhecido, na década de 1940, que a violência doméstica era um problema, ele só começou a agir em 1985, com a criação da primeira unidade da Delegacia da Mulher no estado de São Paulo e, posteriormente, com a publicação da Lei Federal conhecida como Lei Maria da Penha.

Professora Ana Lúcia disse também que a autonomia financeira é um dos principais fatores que ajudam as mulheres vítimas de violência doméstica a romperem com o ciclo de agressão. “Em muitos casos, vítimas de violência se sentem mais seguras para deixar a relação com o agressor quando se têm uma profissão que garanta uma renda para sobrevivência, por isso, a criação da proposta”, finalizou a vereadora do PRB.

Texto e foto: Ascom – Câmara Municipal do Recife
Edição: Ascom – PRB Pernambuco

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro