Prefeitura encaminha projeto de Aldinei Potelecki de incentiva à inovação tecnológica

Prefeitura encaminha projeto de Aldinei Potelecki de incentivo à inovação tecnológica

Se aprovada, lei vai permitir a criação o Fundo Municipal de Inovação, Programa de Incentivo à Inovação e o Plano de Inovação no município de Criciúma

Publicado em 02/09/2018 - 00:00

Prefeitura encaminha projeto de Aldinei Potelecki de incentiva à inovação tecnológica
Se aprovada, lei vai permitir a criação o Fundo Municipal de Inovação, Programa de Incentivo à Inovação e o Plano de Inovação no município de Criciúma

Criciúma (SC) – Projeto do vereador Aldinei Potelecki (PRB), a Lei da Inovação, foi assinado na quinta-feira (30) pelo prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, e segue agora para votação na Câmara Municipal. A expectativa é que a lei seja sancionada dentro de 60 dias.

Empresários e diretores de instituições de ensino e de tecnologia da cidade, vereadores e secretários e outras pessoas ligadas à tecnologia compareceram à solenidade na sede da Prefeitura.

Segundo Aldinei, a Lei da Inovação prevê incentivos à atividade tecnológica e de inovação, visando o desenvolvimento sustentável do município. “Estamos trabalhando com essa lei para que o município possa ter uma legislação que dê amparo legal às empresas de tecnologia e inovação que estão surgindo na cidade. Essa lei representa um guarda-chuva legal para estas empresas e empreendedores. A lei aprovada proporcionará um ambiente favorável para a atração de novas empresas. Ela traz inúmeros benefícios, não só para a cidade, mas para a região”, destacou Potelecki.

Com a sanção da lei, será criado um conselho constituído por 21 integrantes indicados pelo Executivo para compor o órgão que será responsável pelas ações relacionadas à lei. Também está prevista a criação do Fundo Municipal de Inovação, do Programa de Incentivo à Inovação e do Plano de Inovação.

“Esta é uma lei que irá muito além do que se propõe na teoria. É uma lei extremamente propositiva, que a partir da sua aprovação já é válida. Inclusive, a perspectiva é de termos já em 2019 o fundo financeiro a que ela se propõe”, reforçou Celito Cardoso, secretário municipal da Fazenda.

As empresas do ramo da tecnologia, situadas em Criciúma, faturam cerca de R$ 400 milhões por ano. Aproximadamente 7% de todo o ISS arrecadado anualmente no município provém deste setor.

Texto e fotos: Ascom – vereador Aldinei Potelecki
Edição: Agência PRB Nacional

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro