Valdemar Bernardo defende revisão do reajuste de pedágios no Paraná

Republicano aponta que cada vez mais os motoristas são penalizados e quem trabalha com o transporte de cargas, por exemplo, vê seus custos subirem e a renda diminuir

Curitiba (PR) – O presidente do PRB Paraná, Valdemar Bernardo, criticou o aumento abusivo no valor dos pedágios e defendeu a revisão do modelo atual no estado. O republicano aponta que cada vez mais os motoristas são penalizados e quem trabalha com o transporte de cargas, por exemplo, vê seus custos subirem e a renda diminuir.

“Seguidamente nos deparamos com a notícia de que haverá reajuste nos preços dos pedágios. Desde que as rodovias foram privatizadas e os usuários começaram a atravessar as praças de cobrança das tarifas os valores só aumentam. Nunca tínhamos visto, até agora, o pedágio baixar. Mas recentemente tivemos um exemplo no estado do Paraná”, relatou.

Valdemar Bernardo defende revisão do reajuste de pedágios no ParanáValdemar Bernardo informa que recentemente a empresa Viapar, que é concessionária de rodovias pedagiadas na região noroeste do estado, fechou um acordo com moradores do município de Mandaguari e baixou a tarifa na praça que fica no trecho até Maringá. “Todos os dias os moradores de Mandaguari pagavam R$ 8,20 por cada viagem de ida ou volta, sendo que a distância entre as duas cidades é de apenas 26 quilômetros. O número de pessoas que fazem esse caminho por conta do seu trabalho, estudo ou acesso a determinados serviços, é expressivo. E para não pagar duas tarifas por dia, muitos dos moradores de Mandaguari utilizavam uma estrada de chão. A concessionária, inclusive, tentou interditar esse caminho”, conta o presidente.

O republicano afirma que após 19 anos de muitas tentativas, discussões e pressão de ambos os lados, no início de mês, finalmente, saiu uma situação inédita no estado. A Viapar resolveu baixar em 80% o preço da tarifa para os moradores de Mandaguari. A tarifa passou de R$ 8,20 para R$ 1,64. “Dois fatores podem ter sido decisivos para essa situação. A sensibilidade da empresa e a estrada alternativa existente e mantida pelos moradores. Um ou outro, o importante é que todos os 33 mil moradores de Mandaguari saíram ganhando”, destacou.

O presidente paranaense do PRB explicou que em 2021 vencem todos os contratos de concessão de rodovias no Paraná e os debates a respeito do assunto já estão em toda parte, principalmente pelo interesse das empresas na renovação. “O que precisamos questionar agora é sobre a participação da população nessas discussões. Renovar por renovar? Fazer nova licitação? Renovar mediante garantia da redução dos valores? Enfim, qual será o futuro das rodovias pedagiadas? Mais ainda, quais serão os ônus e bônus para nossa população?”, completa Valdemar, defendendo uma revisão democrática sobre o atual modelo do pedágio no Paraná.

Texto e foto: Ascom – PRB Paraná

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.