Sachetti vai cobrar sinal firme de internet para municípios do Mato Grosso

Sachetti vai cobrar sinal firme de internet para municípios do Mato Grosso

Candidato ao Senado pelo PRB Mato Grosso destaca que a melhora no sinal de interne é um tema que não dá mais para ser adiado e o problema deve ser resolvido

Cuiabá (MT) – A melhoria no sinal de internet nos municípios de Mato Grosso, principalmente naqueles mais distantes da Região Metropolitana de Cuiabá, está entre as prioridades dos candidatos da coligação ‘A Força da União’ para o Senado, deputado federal Adilton Sachetti (PRB-MT), e ao governo do Estado, senador Wellington Fagundes (PR). O tema foi abordado durante a Roda de Conversa, em Cáceres, no domingo (23), com participação de centenas de pessoas da região oeste mato-grossense.

Atualmente, segundo Sachetti, a internet é uma ferramente que assegura oportunidades iguais de trabalho. “A internet deve ser utilizada para construir cidadania e igualar as chances. É para dar oportunidade às pessoas”, observou ele, ao lado de Wellington e dos candidatos a deputado federal Ezequiel Fonseca e estadual Valter Zacarkim (PTB).

“As guerras do futuro não mais serão de armas, mas em tecnologia. Como desligar um sistema de telecomunicações de um país. Vamos cobrar da Anatel, pois o Brasil acabou de instalar um novo satélite próprio. E a região da Amazônia Legal é estratégica para o Brasil”, complementou Wellington.

Sachetti crê que a melhora no sinal de internet tende a ser um debate que não há mais como ser adiado e o problema deve ser resolvido. “Devemos melhorar a internet nos municípios de Mato Grosso. Sabemos que é um dos problemas prioritários e vou trabalhar para resolver isso, no Senado federal. Tem operadora que vende pacote e não consegue levar a internet ao consumidor. Não! Não dá para aceitar isso! Lá fora, em outros países, já se fala em internet 5G e aqui alguns municípios não conseguem nem mesmo 1G”, criticou Sachetti.

Sachetti e Fagundes vão exigir que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) busque um caminho para resolver o problema. “Ou as operadoras resolvem ou o governo federal busca caminho. Vários lugares do Brasil perto dos grandes centros são bem atendidos. Já as pessoas do interior de Mato Grosso e de outros estados não recebem o serviço”, justificou Sachetti.

Hidrovia Paraguai – Paraná

A viabilidade econômica-ambiental da Hidrovia Paraguai-Paraná foi apontada por Wellington Fagundes e Adilton Sachetti. Quando estiver funcionando, a hidrovia tende a receber até 20 milhões de toneladas de grãos e carne, entre outros produtos, pela Bacia do Prata, saindo do Porto de Morrinhos até Nueva Palmira, no Uruguai, chegando ao Oceano Atlântico.

“Mato Grosso não pode prescindir das hidrovias. Devemos viabilizar algumas e é essencial que a Hidrovia Paraguai-Paraná”, afirmou Adilton Sachetti.

Texto e fotos: Ascom – deputado federal Adilton Sachetti

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.