Grande Curitiba terá planejamento de longo prazo e grandes obras

Grande Curitiba terá planejamento de longo prazo e grandes obras

Planejamento ficará a cargo da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), presidida por Gilson Santos (Republicanos)

Curitiba (PR) – Planejamento de longo prazo, aliando desenvolvimento e sustentabilidade. Essa é a meta que norteia as ações do Governo do Estado para a Grande Curitiba. O governador Carlos Massa Ratinho Junior determinou que a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), presidida por Gilson Santos (Republicanos), deixasse de ser apenas o elo responsável pela organização do transporte público nos 29 municípios vizinhos à capital para ganhar protagonismo e passar a pensar a região para as próximas décadas.

Hoje são aproximadamente 4 milhões de habitantes. “A Região Metropolitana cresceu muito nos últimos anos, mas sem planejamento e apoio do Governo do Estado. Queremos pensá-la e prepará-la para os próximos 10, 20, 30 anos, por isso a Comec investe na formação de equipe com engenheiros, arquitetos e urbanistas”, afirma o governador.

O presidente da Comec explica que o órgão aposta em dois pontos centrais, que nortearão as ações técnicas: a elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI) da RMC, atendendo ao Estatuto da Metrópole (Lei Federal nº 13.089/2015), e a criação de um novo contorno rodoviário nos arredores de Curitiba. “A Comec passa a ser um grande ponto de apoio aos municípios, buscando sempre o desenvolvimento sustentável”, diz Gilson Santos.

Obras

São cinco propostas prioritárias, sendo que quatro delas fazem parte do grande pacote de projetos executivos que o Governo vai lançar ainda neste mês. Uma dessas ações é a criação de uma nova rodovia, um trecho da PR-423, ligando o trevo da entrada de Araucária, na BR-476, à divisa de Curitiba com a Fazenda Rio Grande, na BR-116.

O projeto avaliado em R$ 200 milhões prevê ainda ciclovias e duas trincheiras para desafogar o trânsito em duas áreas populosas da Região Sul da capital, no bairro Campo do Santana. “A previsão é que a rodovia tire 30% do tráfego pesado dos bairros”, explica Gilson Santos.

Além disso, dentro do banco de projetos estão previstas a duplicação de outro trecho da PR-423, entre Araucária e Campo Largo, e da PR-418, ligando Almirante Tamandaré à BR-277, área com grande número de acidentes dentro da RMC.

Há também uma parceria em andamento entre o Governo e a Prefeitura de Curitiba para a ampliação do Viaduto do Orleans, na BR-277. O Estado vai preparar o projeto executivo, deixando a cargo do município a licitação e execução da obra.

Contorno Norte

O presidente da Comec diz que o órgão fecha os últimos detalhes para a implementação de 13 quilômetros de estrada em Colombo, fazendo com que a Rodovia da Uva chegue até a BR-116, na região de Campina Grande do Sul. A proposta tem um traçado que passa por uma faixa reservada para o Corredor Metropolitano e que já faz parte do Plano Diretor de Colombo.

A construção do Contorno Norte é, por contrato, de responsabilidade da concessionária Arteris – Autopista Regis Bittencourt. O projeto está em discussão desde 2009, mas até hoje não foi possível iniciar a obra por causa da indefinição do traçado. “Chamo de força-tarefa do Contorno Norte, algo que vai desafogar o trevo do Atuba e tirar tráfego da via urbana”, explica o presidente. “Estamos conversando com a concessionária para chegar a um denominador comum”, informa.

Ratinho Junior destaca ainda o investimento de R$ 23 milhões em São José dos Pinhais para a revitalização completa da Avenida Rui Barbosa, com a construção de uma ponte com 30 metros de extensão sobre o Rio Pequeno, além da pavimentação e recape de ruas movimentadas que cruzam a via e do alargamento da duplicação no encontro com a BR- 277.

“É um dos pontos é o estrangulamento na BR-277 com a Avenida Rui Barbosa, uma obra muito importante e que precisava ser feita. Vai resolver um problema muito sério de trânsito, diminuir o número de acidentes naquela região”, diz o governador.

Sustentabilidade

Ainda na área de projetos estruturantes, a Comec trabalha na revisão de quatro projetos de parques nos municípios de Piraquara, Pinhais, São José dos Pinhais e Araucária. Eles terão a função de preservar o meio ambiente, recuperar a vegetação nativa, lazer e melhoria da qualidade hídrica, além de redução dos riscos de inundações na região.

Plano diretor

Santos explica, ainda, que dentro do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da RMC, mapa que definirá o planejamento para a região, está previsto o apoio para que os municípios preparem ou atualizem os seus próprios planos diretores. “Muitas cidades não têm técnicos disponíveis, por isso a Comec se encarregará de ser um facilitador e agregador das ações.”

Texto: Agência Estadual de Notícias/PR
Edição: Agência Republicana de Comunicação (Arco)
Foto: Geraldo Bubniak

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.