Violência nas categorias de base do esporte é debatida na Câmara

Violência nas categorias de base do esporte é debatida na Câmara

Promovido pelo deputado federal Roberto Alves, o debate tratou sobre a violência física e psicológica contra jovens atletas reúne especialistas

Brasília (DF) – Nesta terça-feira (8), a Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados realizou um debate sobre a violência física e psicológica contra crianças e adolescentes nas categorias de base do esporte brasileiro. O evento, presidido pelo deputado federal Roberto Alves (Republicanos-SP), faz parte de uma campanha pela defesa e proteção dos jovens atletas mobilizada pela Cespo, em parceria com a Frente Parlamentar Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Pesquisadores, especialistas e autoridades participaram da mesa-redonda e trouxeram números sobre a realidade dos diversos tipos de violência vividos por jovens atletas que treinam nos centros de formação e nos clubes de futebol pelo país.

O jornalista e pesquisador Breiller Pires, que desenvolveu uma pesquisa nacional sobre o abuso sexual nas categorias de base de futebol, chamou a atenção para o descaso na apuração das denúncias, um problema que ainda permanece entre os clubes. De acordo com ele, são registrados, por ano, 20 casos de violência sexual infantil em clubes e escolinhas. “O ambiente do futebol é permissivo e ainda não há um compromisso sério, por parte dos clubes, para combater a violência sexual infantojuvenil”, afirmou.

A presidente da Federação Sul-Americana de Jiu-Jitsu, Luciana Neder, lamentou a onda violência nos tatames contras as atletas brasileiras, vítimas de agressões, assédios, abuso sexual e violência psicológica. De acordo com ela, 30% das denúncias feitas por atletas mulheres são de violência sexual. “Se as denúncias fossem apuradas e os agressores afastados, teríamos mais mulheres no jiu-jitsu. Poucas mulheres chegam à faixa preta, por causa da violência. Precisamos criar ouvidorias nos estados e qualificar os treinadores, exigindo-lhes formação superior em educação física”, explicou ela.

Impunidade

A promotora do Ministério Público do Rio Grande do Sul, Denise Vilela, explicou que a criança ou adolescente vítima de violência sexual no esporte é vítima duas vezes quando a família não acredita na denúncia. “De um lado, há um professor bem conceituado no mercado e com boa reputação. De outro, há a criança fragilizada. Assim, poucos casos chegam ao conhecimento das autoridades. Para o jovem atleta, fica o sentimento de impunidade”, disse a promotora.

O representante do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Hilbert Pintorra, reforçou a importância do ‘Programa Criança Protegida’, implantado este ano pela ministra Damares Alves. O programa consiste em formar pessoas capazes de identificar nas crianças e adolescentes indícios de abuso sexual e levar os suspeitos às autoridades. O programa já formou multiplicadores em Rondônia, Santa Catarina, Amazonas e, em breve, será implementado no estado do Paraná.

“Uma criança ou adolescente vítima de abuso sexual está condenada a uma prisão perpétua. Sem o tratamento e apoio necessários, toda a família está fadada a essa prisão. É nosso compromisso criarmos meios para conter essa mazela social”, destacou Hilbert.

Também participaram do debate o gerente de sustentabilidade e responsabilidade social da CBF, Diogo Cristiano Netto; o presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de São Paulo, José Rinaldo Martorelli; a representante do Conselho Nacional de Educação Física, Nicole Christine Azevedo; o representante da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor; e o diretor da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Clair Tomé Kuhm.

Texto: Ascom – deputado federal Roberto Alves
Fotos: Agência Câmara

Edição: Agência Republicana de Comunicação (Arco)

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.