Republicanos defendem exame toxicológico para motoristas profissionais

Republicanos defendem exame toxicológico para motoristas profissionais

Deputados Marcos Pereira e Vinicius Carvalho são contrários à sugestão do governo de acabar com a exigência do exame toxicológico para a renovação da habilitação nas categorias C, D e E

Brasília (DF) – Os deputados federais Marcos Pereira e Vinicius Carvalho, ambos do Republicanos São Paulo, são contrários à sugestão do governo de acabar com a exigência do exame toxicológico para a renovação da habilitação dos motoristas de caminhões e ônibus (categorias C, D e E). Os parlamentares apresentaram emenda supressiva ao Projeto de Lei 3267/19, do Poder Executivo, que altera o Código de Trânsito Brasileiro e está em análise na Câmara.

Marcos Pereira considera a exclusão do exame um retrocesso. “O Brasil é o terceiro país do mundo que mais mata no trânsito. Essa exigência que busca aferir o consumo de substâncias psicoativas é imprescindível para evitar acidentes e garantir a segurança no trânsito. A imposição do exame toxicológico mostra a eficiente atuação do Estado, que tem o dever de agir na prevenção de acidentes na promoção da saúde e do bem-estar coletivo. O custo de não fazê-lo pode ser fatal”, alertou.

Os republicanos receberam, nesta quarta-feira (25), o ex-diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Dias, e o presidente da Associação Trânsito Amigo, Fernando Diniz, que também são contrários a retirada da exigência do exame. Para eles, isso seria um equívoco, já que existem inúmeras pesquisas apontando a eficiência do exame realizado nas estradas no combate ao consumo de álcool e de drogas ilícitas.

Vinicius Carvalho é, inclusive, favorável à extensão do exame para o candidato que deseja a obtenção do documento de habilitação. Ele é autor do Projeto de Lei 1932/2019, que torna mais rígido o controle para a emissão da carteira de motorista. “Estudiosos apontam três fatores que interferem na ocorrência de acidentes: infraestrutura viária, veículos e condutor. O elemento humano, sem dúvida, mostra peculiaridades que o tornam mais suscetível a sinistros”, argumentou Vinicius.

Saiba mais

Estudos realizados entre 2015 e 2017 demonstram que após a exigência dos exames toxicológicos para os condutores, o número de acidentes nas rodovias federais brasileiras envolvendo caminhões apresentou queda de 34%, enquanto com os ônibus a redução foi de 45%. Analisando os dados gerais, incluindo veículos de passeio, a diminuição foi de 27%.

Outro levantamento do Instituto FSB de Pesquisa indicou que 87% dos motoristas profissionais aprovam a exigência do exame toxicológico.

Texto: Mônica Donato / Ascom – Liderança do Republicanos na Câmara, com informações do Instituto de Tecnologias para o Trânsito Seguro
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.