Proposta prioriza acesso de crianças com deficiência à educação infantil

Proposta prioriza acesso de crianças com deficiência à educação infantil

De autoria da deputada Maria Rosas, proposta prioriza o acesso de crianças com deficiência à educação infantil, que abrange creche e pré-escola até os cinco anos de idade

Brasília (DF) – A Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da Câmara aprovou, na quinta-feira (6), Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 36/19, de autoria da deputada Maria Rosas (Republicanos-SP) que prioriza o acesso de crianças com deficiência à educação infantil, que abrange creche e pré-escola até os cinco anos de idade.

Para a deputada, os três primeiros anos de vida são determinantes para o desenvolvimento de habilidades sociais, cognitivas e afetivas. “É a fase em que é formada mais de 90% das conexões cerebrais, por meio da interação do bebê com estímulos do meio ambiente. O desafio é maior para as crianças com necessidades educacionais especiais, que exigem intervenção de profissionais preparados”, diz Maria Rosas.

Um estudo realizado pelo Ministério da Educação demonstrou que alunos que frequentam a creche e a pré-escola evoluem pelo menos um ano em sua escolaridade. Os cuidados na primeira infância melhoram as condições de nutrição e saúde, aumentam o desempenho nos testes de aferição da inteligência, a taxa de repetência cai, diminuem a evasão escolar e, ainda, propiciam maior participação das mulheres na força de trabalho. Foi o que apontou o relatório de 2001, do Banco Mundial – “Brazil Early Child Development: a focus on the impact of preschools”.

“O direito à educação, que colocará todos os demais direitos em perspectiva, é sem dúvida uma via segura para garantir independência as pessoas com deficiência, que já tem obstáculos naturais que a vida lhes impôs. Ao viabilizarmos o acesso à escola, estamos incluindo também todas as crianças da sala, que aprenderão a conviver com as diferenças, a respeitar as individualidades e a entender a dignidade humana”, defende a republicana.

A parlamentar também adverte a falta de vagas nas creches públicas do país como impeditivo para que todos frequentem de fato a escola, ainda que o aumento da oferta seja uma das metas do Plano Nacional de Educação. O déficit justificaria a prioridade proposta.

Agora, a PEC será encaminhará para análise de comissão especial para posteriormente, ser votada em dois turnos pelo Plenário da Câmara. A relatoria é do presidente da CCJ, deputado Felipe Francischini e foi lida, em comissão, pelo deputado Luizão Goulart (Republicanos-PR), que manifestou pela admissibilidade da proposta.   

Texto: Ascom – deputada federal Maria Rosas
Foto: Douglas Gomes
Edição: Agência Republicana de Comunicação (Arco)

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.