Proposta de reforma tributária chega ao Governo do Distrito Federal

Proposta de reforma tributária chega ao Governo do Distrito Federal

A entrega ao secretário de Economia do DF ocorreu na quarta-feira (4), pelo vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso, na presença de empresários de diversos segmentos

Brasília (DF) – O vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Delmasso (Republicanos-DF), entregou ao secretário de Economia, André Clemente, a proposta de um novo código tributário do Distrito Federal. A sessão solene, no parlamento, foi na última quarta-feira (4), na presença de empresários de diversos segmentos.

A minuta de projeto de lei complementar traz no anexo informações apresentadas por entidades que representam o setor privado ouvidas pelo parlamentar em dez audiências públicas que serviram de base para a construção do texto. A primeira foi em março, com varejistas, e a última, em 3 de dezembro, com representantes do setor de tecnologia da informação.

Delmasso destacou um dos pontos mais citados nas audiências: o fim da multa confiscatória, que está atendido na minuta. Outro item incluído por Delmasso no texto foi a possibilidade de compensação de todos os tributos administrados pela Fazenda do Distrito Federal, e não só de tributos da mesma natureza. Também é prioritária a revisão da lógica de penalidades e dos percentuais das multas tributárias.

“Espero que o governo encaminhe à Câmara Legislativa em 2020 uma proposta de reformulação do Código Tributário com base na minuta que estamos apresentando. É um texto que não foi construído entre quatro paredes, mas com a participação dos principais atores da economia do Distrito Federal”, defendeu o deputado.

O secretário de Economia, André Clemente, disse que vai colaborar para mudanças que tornem o sistema tributário local menos burocrático e mais justo. Ele já havia tomado conhecimento das sugestões do setor industrial na audiência pública na Fibra e repetiu que a intenção é implementar o que já for possível com brevidade. “Não existe reforma tributária única. Não precisamos esperar a reforma tributária federal nem o momento de uma grande reforma local para solucionar problemas pontuais”, afirmou.

O presidente da Fibra, Jamal Jorge Bittar, defendeu agilidade na alteração das regras. “O normativo tributário do Distrito Federal tem reflexo direto na competitividade do setor produtivo. As mudanças permitirão que a iniciativa privada se desenvolva e gere empregos”, disse Jamal.

Texto: Ascom – deputado distrital Delmasso
Foto: Rogério Lopes
Edição: Agência Republicana de Comunicação (Arco)

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.