Professora Nilse defende autonomia da Receita Federal

Professora Nilse defende autonomia da Receita Federal

Em Brasília, deputada estadual do Republicanos-PA participou de audiência pública na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização

Brasília (DF) – A deputada estadual Professora Nilse (Republicanos-PA) esteve na Câmara dos Deputados em Brasília, na quinta-feira (12), onde participou de audiência pública realizada pela Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), com o tema “Os impactos da reestruturação da Receita Federal sobre a segurança das fronteiras e o fluxo do comércio exterior”.  

Em sua apresentação, a deputada defendeu a autonomia e a permanência da superintendência da 2º Região Fiscal na Amazônia. “Temos cinco regiões. Parece que o Pará foi esquecido, que a região Norte, a Amazônia está esquecida, nem nos períodos ferrenhos da ditadura militar nossa região deixou de ser assistida”, disse a republicana, em tom de indignação. Professora Nilse pontou os prejuízos aos contribuintes da região Norte e da Amazônia, áreas que somam mais da metade de todo o território do país, e ressaltou que é de conhecimento de todos que a RFB vem enfrentando crises e ameaças, e este é o momento oportuno de fazer a retomada de novos rumos na crença de uma administração tributária republicana.

A parlamentar ainda citou a Constituição, que prevê prioridade para a Receita no recebimento de recursos orçamentários, o que segundo ela não tem ocorrido nos últimos anos. “A Aduana tem muita importância para região do meu Pará e está vindo para a região central. É cada vez mais Brasília mesmo e menos Brasil”, finalizou a deputada, que foi a primeira a falar e única mulher a compro a mesa de autoridades.

Os demais debatedores presentes criticaram eventuais prejuízos aos contribuintes da região Norte e da Amazônia Legal, áreas que somam mais da metade de todo o território do país. Segundo o coordenador-geral de Planejamento, Organização e Avaliação Institucional da Receita, Jaime Durra, a reestruturação é necessária por três motivos: O orçamento encolheu 30% nos últimos dez anos, o quadro de pessoal foi reduzido em razão de aposentadorias e houve a eliminação de um em cada cinco cargos de chefia no início da gestão Bolsonaro.

O presidente do Sindifisco apoiou ainda o retorno de servidores efetivos para o cargo de secretário especial da Receita, prática interrompida na gestão de Marcos Cintra, demitido nesta quarta-feira (11) pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, após ordem do presidente Jair Bolsonaro. Um auditor-fiscal ocupa interinamente o cargo.

Cortes

Durante o debate, houve alerta para o risco de queda na arrecadação de impostos em um momento de crise fiscal. “A proposta de Orçamento reserva R$ 1,8 bilhão para 2020 — o que representa um corte de 30% nos recursos disponibilizados para a Receita Federal em 2019”, disse o Auditor-Fiscal Jaime Durra, coordenador geral de Planejamento, Organização e Avaliação Instituição da Receita Federal, que apresentou o projeto de reestruturação que vem sendo debatido na casa. Segundo ele, as mudanças se baseiam em três pilares: a especialização e regionalização do trabalho; a diminuição dos níveis hierárquicos; e a racionalização das unidades.

A reestruturação da Receita Federal prevê cinco regiões fiscais no país, sendo que a maior corresponderá aos estados das regiões Norte e Centro-Oeste, menos Mato Grosso do Sul, que ficará associado aos da região Sul. O Sudeste será dividido em duas regiões fiscais, sendo uma exclusivamente para São Paulo. Outra região fiscal será formada pelos estados do Nordeste.

A audiência contou com a participação de representantes da Receita, da Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Anfip) e Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco) e com a participação do presidente do Sindifisco Nacional, Kleber Cabral.

Texto: Rita Martins / Ascom – deputada estadual Professora Nilse
Foto: Marina / Anfip

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.