Marcos Pereira integra frente parlamentar para comércio internacional

Marcos Pereira integra frente parlamentar para comércio internacional

Frente Parlamentar Mista do Comércio Internacional e do Investimento (FrenComex) terá como objetivo discutir e melhorar as políticas de comércio exterior, além de trabalhar para atrair investimentos ao Brasil 

Brasília (DF) – O deputado federal Marcos Pereira (Republicanos-SP) foi escolhido vice-presidente na Câmara dos Deputados da Frente Parlamentar Mista do Comércio Internacional e do Investimento (FrenComex), presidida pelo deputado Evair Melo (PP-ES). Ele participou hoje (7), no Ministério das Relações Exteriores, do lançamento da frente que terá como objetivo discutir e melhorar as políticas de comércio exterior, além de trabalhar para atrair investimentos ao Brasil e incrementar a atuação brasileira lá fora. O ministro Ernesto Araújo participou do evento.

Ex-ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o deputado Marcos Pereira mostrou preocupação com a queda do superávit da balança comercial no acumulado de 2019 em comparação com os dois anos anteriores, quando o Brasil, na sua gestão, bateu os maiores recordes no saldo entre o que vendemos e o que compramos.

Marcos Pereira integra frente parlamentar para comércio internacionalO parlamentar apontou, no entanto, que fatores externos acabaram contribuindo para o resultado, como a guerra comercial entre Estados Unidos e China, a redução das exportações da Alemanha e a crise econômica que abate a Argentina.

Ao mesmo tempo, Marcos Pereira comemorou o avanço no ranking Doing Business, do Banco Mundial, em 2018, reflexo das medidas tomadas no então MDIC para aperfeiçoar a operação de comércio internacional, como a implantação do Portal Único de Comércio Exterior, o certificado de origem digital e a implantação da RedeSim. O Brasil subiu da 133ª posição para a 106ª. Este ano, infelizmente, o País recuou 15 posições.

O deputado também lembrou dos esforços, enquanto ministro, para retomar e concluir o acordo entre Mercosul e União Europeia. Um mês depois de assumir o então MDIC, ele esteve reunido com a comissária de Comércio da UE, Cecília Malmstrom, em Shangai, durante o encontro de ministros de comércio do G20. “Fizemos aí uma reaproximação e retomamos com mais vigor as conversas que andavam adormecidas”, disse.

Outra iniciativa durante sua gestão foi a conclusão dos diálogos exploratórios o início das negociações para um acordo entre Mercosul e EFTA (Noruega, Liechtenstein, Finlândia e Suíça), que aconteceu durante o encontro de Davos, em 2017. O acordo com a UE foi concluído neste ano e com o EFTA caminha para um desfecho semelhante.

Agenda na Espanha

Marcos Pereira e os deputados Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) e Gilberto Abramo (Republicanos-MG) estiveram na semana passada na Espanha para uma semana de compromissos com investidores espanhóis. O objetivo foi o de reafirmar o Brasil com o um destino seguro para investimentos. A Espanha é o segundo país que mais investe no País especialmente nas áreas de finanças (bancos), telecomunicações, infraestrutura e energia.

Números

Dados divulgados dia 1 de novembro mostram que foi o pior resultado para outubro em cinco anos, com US$ 1,2 bilhão. As exportações, em outubro, caíram 20,4% em relação a outubro do ano passado. Houve retração generalizada em todos os setores, com queda de 26,5% em manufaturados, 20,6% em semimanufaturados e 15,3% em básicos.

No acumulado dos 10 primeiros meses, a balança comercial ficou positiva em US$ 34,8 bilhões, no entanto, o resultado significa um recuo de 27,4% sobre o mesmo período de 2018 – janeiro a outubro. Há uma previsão de que o superávit comercial do Brasil neste ano seja de US$ 41,8 bilhões.

Em 2018, o saldo da balança comercial ficou em US$ 58,3 bilhões, enquanto em 2017, quando Marcos Pereira anunciou o resultado, foram quase US$ 67 bilhões, o maior superávit da história.

Argentina

O comércio entre Brasil e Argentina já está em um nível baixo. A importância relativa infelizmente vem diminuindo desde o ano passado. Há estimativas de que o recuo do PIB argentino seja reduzido nos próximos anos. A Argentina absorveu 4,4% das exportações brasileiras de janeiro a outubro, uma queda em relação ao mesmo período do ano passado, quando essa participação foi de 6.7%.

Texto e fotos: Ascom – deputado federal Marcos Pereira

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.