Engenheiros contratados da Vale serão ouvidos na CPI de Brumadinho

Engenheiros contratados da Vale serão ouvidos na CPI de Brumadinho

Dois engenheiros serão convocados para prestar esclarecimentos sobre o desastre em Brumadinho (MG) a pedido do deputado federal Roberto Alves

Brasília (DF) – Dois requerimentos de autoria do deputado federal Roberto Alves (PRB-SP) foram aprovados pela CPI da Câmara dos Deputados que investiga o rompimento da barragem em Brumadinho (MG), nesta terça-feira (8).

O primeiro convoca, como investigado, o engenheiro Makoto Namba, da empresa de consultoria alemã TÜV SÜD Brasil, e o segundo convida, como testemunha, a engenheira Ana Lúcia Moreira Yoda, da empresa Tractebel Engeneering. Ambos deverão dar explicações sobre os fatos que contribuíram para o desastre que matou mais de 230 pessoas no dia 25 de janeiro deste ano. Mais de 30 corpos ainda estão desaparecidos.

Makoto Namba é um dos responsáveis por assinar o laudo que atestou a estabilidade da barragem que se rompeu. Ana Lúcia trabalhava diretamente na barragem e alegou não ter visto falhas, atestando também a estabilidade da estrutura. Os dois requerimentos foram aprovados por unanimidade pelos membros da comissão.

Silêncio

Esta será a primeira vez que Makoto Namba irá prestar esclarecimentos à Câmara dos Deputados. Em depoimento à polícia, alegou ter sido pressionado pela empresa Vale para assinar o laudo de estabilidade. Por conta disso, ele foi preso a pedido do Ministério Público de Minas Gerais, mas foi solto por ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Mesmo sendo alvo de investigações, o engenheiro conseguiu na Justiça mineira o direito de permanecer calado às indagações relacionadas ao desastre. Ele compareceu à audiência da CPI instalada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em Belo Horizonte, e não respondeu a nenhuma das perguntas feitas pelos parlamentares.

O deputado Roberto Alves enfatizou que essa restrição não irá impedir a CPI de cumprir o seu trabalho investigatório. “A convocação é importante, por se tratar de uma pessoa investigada. Ele pode exercer o seu direito de ficar calado, mas irá enfrentar a todos nós, membros desta comissão, e atestar, pelo silêncio, a sua cumplicidade nesse crime que marcou a história dos nosso país”, afirmou.

Texto e foto: Ascom – deputado federal Roberto Alves

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.