Capitão Alberto Neto defende criação de Polícia Penal

Capitão Alberto Neto defende criação de Polícia Penal

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 372, que cria a Polícia Penal, foi tema de evento conduzido pelo republicano, na Câmara dos Deputados

Brasília (DF) – A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 372, que cria a Polícia Penal, foi tema de evento conduzido pelo deputado federal Capitão Alberto Neto (PRB-AM), na Câmara dos Deputados, na quarta-feira (7). O republicano adiantou que, junto aos membros da Comissão de Segurança Pública, vai levar ao presidente da Casa, Rodrigo Maia, um pedido de urgência para colocar a PEC em votação no Plenário. Estiveram presentes parlamentares de várias legendas, agentes penitenciários de todo o Brasil e entidades representando a categoria.

“Não dá para avançar na Segurança Pública se não corrigirmos o sistema penitenciário. Os presos não podem comandar crimes de dentro das cadeias nem cometer as atrocidades que vêm cometendo. O Estado precisa estar presente, por isso, necessitamos de uma Polícia Penal já”, defendeu o deputado, que é presidente da Frente Parlamentar Mista de Desenvolvimento Estratégico do Sistema Penitenciário, Combate ao Narcotráfico e Crime Organizado no Brasil.

O republicano João Campos (PRB-GO) acredita que com o fim da votação da reforma da Previdência a pauta avançará na Câmara. Para ele, existe uma convergência de esforços por parte de diversos parlamentares comprometidos com essa causa. O presidente da Associação Nacional de Agentes Penitenciários do Brasil (Agepen-Brasil), Leandro Allan Vieira, enfatizou a necessidade desse apoio. “Não queremos fazer atos políticos, buscamos dar celeridade ao processo e contamos com a ajuda do Parlamento”, disse. Allan lembrou que são 20 anos em busca da regulamentação da profissão: “Queremos uma resposta”, completou.

Capitão Alberto Neto acredita que a melhora dos presídios brasileiros será feita pelos agentes penitenciários, porém, o início do processo é, para ele, responsabilidade do Congresso Nacional. “Vocês irão mudar a realidade do sistema penitenciário, só que o movimento inicial tem que ser nosso, do Parlamento, ao viabilizar os instrumentos necessários para que vocês iniciem essa mudança”, afirmou o republicano.

Ele destacou as dificuldades enfrentadas pelos profissionais. “Risco de vida, baixos salários, ambiente insalubre e problemas psicológicos que recaem até sobre as famílias. A estrutura de trabalho dos agentes penitenciários é desumana. A realidade deles é, muitas vezes, pior do que a dos presos que cometeram crimes contra a sociedade”, finalizou.

Texto: Fernanda Cunha com edição de Mônica Donato / Ascom – Liderança do PRB
Fotos: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.