Câmara discutirá mudanças na Lei Anticorrupção com ministro do STJ

Câmara discutirá mudanças na Lei Anticorrupção com ministro do STJ

Mudanças na Lei Anticorrupção será debatida com o ministro do STJ, Antônio Herman Benjamin, além de advogados e promotores 

Brasília (DF) – Membros da comissão especial que discute o Projeto de Lei nº 10.887/2018, que propõe alterar a Lei de Improbidade Administrativa ( Lei nº 8.429/92), aprovaram, nesta quarta-feira (4), requerimento de autoria do deputado federal Roberto Alves (Republicanos-SP) para realizar uma audiência pública com a presença do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Antônio Herman Benjamin, além de advogados e promotores especialistas em Direito Administrativo.

A Lei de Improbidade Administrativa, conhecida como a ‘Legislação Anticorrupção’, trata do enriquecimento ilícito ou vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo público. Nos últimos dez anos, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), houve no Brasil mais de 18,7 mil condenações por improbidade administrativa transitadas em julgado nos tribunais federais e estaduais.

De acordo com Roberto Alves, o ministro Herman é um dos principais magistrados do país e tem um forte posicionamento sobre a lei, por isso, ele poderá contribuir com as discussões. “Ouvi-lo será uma oportunidade única para refletirmos sobre as mudanças que precisam ser feitas na Lei de Improbidade Administrativa”, sustentou.

Proposta

A proposta estabelece que caberá ao Ministério Público propor ações de improbidade administrativa, assim como a aprovação de eventuais acordos com os envolvidos. Já as ações de ressarcimento continuam de titularidade do ente público lesado. As punições podem ser aplicadas a quem, mesmo sem ser agente público, ‘induza ou concorra para a prática do ato de improbidade’. O texto também propõe a possibilidade de ressarcimento por dano não patrimonial.

A comissão especial foi instalada em agosto na Câmara dos Deputados, sob a presidência do deputado federal Tadeu Alencar e com relatoria do deputado federal Carlos Zaratini.

Roberto Alves destaca que a missão do colegiado será discutir os pontos mais importantes os quais necessitam ser aprimorados na Lei de Improbidade Administrativa, que vem causando polêmica entre juristas e operadores do direito.

“É nossa tarefa buscar melhorias na lei para que os agentes públicos possam exercer suas funções com responsabilidade e segurança”, ressaltou o parlamentar.

Texto e foto: Carlos Eduardo / Ascom – deputado federal Roberto Alves

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.