Jutay Meneses quer linha de crédito para o setor da reciclagem na Paraíba

Paraíba possui lei para incentivar adoção de crianças com deficiência

De autoria do deputado estadual Jutay Meneses (PRB-PB), a propositura cria a campanha ‘Adote com Amor’ como forma de incentivo

Publicado em 04/12/2018 - 00:00

Paraíba possui lei para incentivar adoção de crianças com deficiência
“Neste Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (3 de dezembro) lembro dessa campanha que estimula a quebra do preconceito. Adotar sempre foi um ato de amor”, disse Jutay

João Pessoa (PB) – A Paraíba conta com a Lei 11.192/18 que incentiva a adoção de crianças com deficiência. De autoria do deputado estadual Jutay Meneses (PRB-PB), a propositura cria a campanha ‘Adote com Amor’ para incentivar a adoção de crianças e adolescentes, independentemente de qualquer deficiência, de cor da pele ou idade. Entre as 8,4 mil crianças disponíveis para adoção no País, 21% delas não possuíam doenças ou deficiências no momento do cadastro.

“Neste Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (3 de dezembro) lembro dessa campanha que estimula a quebra do preconceito. Adotar sempre foi um ato de amor. Mas adotar uma criança com deficiência é muito mais do que isso. É viver pelo próximo, é se doar. Não é comum as famílias escolherem por este tipo de adoção e, por isso, estamos defendendo a aprovação desse projeto para que tenhamos a oportunidade de falar sobre isso com a população”, destacou o deputado.

De acordo com a Lei, a campanha terá a finalidade de estimular a adoção de crianças e adolescentes com deficiência ou doenças crônicas e também será divulgada na Semana Nacional da Adoção.
A campanha ‘Adote com Amor’ irá dispor de palestras, seminários, orientações com psicólogos, realização de panfletagem e distribuição de cartilhas, orientação sobre o processo de adoção, além da afixação de cartazes em todos os órgãos públicos do Estado.

Saiba mais

Das 7.271 adoções realizadas, entre 2013 e fevereiro de 2018 pelo Cadastro Nacional de Adoção (CNA), apenas 8% foram de crianças com alguma deficiência ou doença. Atualmente, 63% dos pretendentes habilitados aceitam adotar crianças com alguma deficiência ou doença.

Texto e foto: Ascom – deputado estadual Jutay Meneses

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro