Você está pronto para o trabalho tecnológico?

Você está pronto para o trabalho tecnológico?

O mercado de trabalho no Brasil melhorou nestes primeiros seis meses em relação a 2018, porém o número de desempregados ainda é grande, cerca de 12,8 milhões de pessoas. Outros dois pontos de destaque são o número de trabalhadores subutilizados (28,4 milhões), que trabalham menos de 40 horas semanais, e aqueles que atuam por conta própria (24,1 milhões).

É preciso ler com atenção os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no último dia 31, pois eles confirmam as projeções a respeito do futuro do emprego no Brasil e no mundo. Apesar do otimismo com o leve suspiro na formalização do trabalho (carteira assinada), estou certo de que esse emprego como conhecemos está com os dias contados.

Com a mecanização da produção na Revolução Industrial, entre 1760 e 1820, houve uma reformulação na relação entre trabalho e emprego. Essa mudança repercutiu na ordem econômica, política e social da época. Podemos afirmar que a revolução marcou o início do capitalismo industrial, o crescimento da produção em massa e o aparecimento de novas populações urbanas.

Ao longo dos últimos 200 anos, o processo produtivo foi sendo aperfeiçoado e agora mais recentemente, com o advento da internet e das novas tecnologias, estamos vivendo a 4ª Revolução Industrial – e provavelmente a mais impactante de todas. O professor Klaus Schwab, fundador do Fórum Econômico Mundial e com quem tive o prazer de ter estado diversas vezes, e tido como o precursor deste novo momento da história, afirmou:

“A 4ª Revolução Industrial não é definida por um conjunto de tecnologias emergentes entre si mesmas, mas a transição em direção a novos sistemas que foram construídos sobre a infraestrutura da revolução digital. Ela transformará fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos” – Klaus Schwab.

Estamos falando de fábricas cada vez mais inteligentes, e autônomas, que reduzirão drasticamente o emprego industrial e outras funções que podem ser facilmente substituídas por robôs. A grande questão que precisa ser enfrentada por governos de todos os países é: o que fazer com as pessoas que não estão preparadas para trabalhar neste novo mundo? A resposta da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é: capacitação.

Além de capacitar os trabalhadores atuais, é essencial que as crianças tenham contato, já na fase escolar inicial, com o empreendedorismo de base tecnológica, que enxerguem e experimentem o mundo digital e que pensem com a cabeça do novo milênio. O formato tradicional de educação já não corresponde mais às exigências do mercado de trabalho. Aliás, há algum tempo.

Outro ponto fundamental, e que o Brasil começou a enfrentar, são as reformas estruturantes para facilitar a vida de quem quer empreender. Nosso país não é nada convidativo àqueles que pretendem gerar negócios, sobretudo em tecnologia. Se o governo não se atentar para isso e não agir a contento, o número de desempregados vai subir significativamente, apesar da falsa sensação de refresco. 

Você está pronto para o novo mundo dos robôs, da inteligência artificial, da nanotecnologia, da biotecnologia?

Marcos Pereira
Presidente Nacional do PRB/Republicanos
Vice-Presidente da Câmara dos Deputados

Site: www.marcospereira.com
Twitter: twitter.com/marcospereira04
Instagram: http://instagram.com/marcospereira1010
Facebook: www.facebook.com/marcospereira1010

LEIA TODAS AS PALAVRAS DO PRESIDENTE
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.