Ossesio Silva participa de homenagem aos 15 anos do GT Racismo do MP

O republicano ressaltou a importância de unir forças para superar a violência e o racismo em Pernambuco

Publicado em 14/12/2017 - 00:00

Ossesio Silva participa de homenagem aos 15 anos do GT Racismo do MP
O republicano ressaltou a importância de unir forças para superar a violência e o racismo em Pernambuco

Recife (PE) – O deputado estadual Ossesio Silva (PRB-PE), coordenador da Frente Parlamentar de Combate ao Extermínio da Juventude Negra e membro da Comissão de Cidadania de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Pernambuco, participou da solenidade de homenagem aos 15 anos do Grupo de Trabalho de Enfrentamento ao Racismo do Ministério Público de Pernambuco (GT Racismo/MPPE).

O republicano ressaltou a importância de unir forças para superar a violência e o racismo. “Em Pernambuco, os números contra jovens negros são alarmantes. O GT Racismo vem fazendo um belíssimo trabalho no estado, é de suma importância que possamos unir os poderes para tentamos superar essa triste realidade da população negra que atinge de forma mais direta, os jovens negros e pobres” explicou o republicano.

“Essa homenagem ao GT Racismo é muito merecida, porque esse grupo se estabeleceu, ao longo desses 15 anos, como uma referência nacional. E a luta contra o racismo tem que continuar de forma mais intensa, porque o racismo se transforma e assume novas roupagens, então nós precisamos nos reinventar para superar essa prática”, afirmou o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

A coordenadora do GT Racismo do MPPE, procuradora de Justiça Maria Bernadete Azevedo, agradeceu a parceria dos movimentos sociais, organizações não governamentais, academia e lideranças e ressaltou a importância do trabalho. “Com todas as dificuldades, somos a unidade do Ministério Público que mais avançou na discussão das questões raciais. A nossa instituição não pode mais ignorar o genocídio da juventude negra” disse.

Complementando a fala da coordenadora do GT Racismo, o promotor de Justiça Roberto Brayner, que também faz parte do grupo, lembrou que Pernambuco ultrapassou, em 2017, a marca dos cinco mil homicídios. “Essas pessoas que estão morrendo têm cor. O genocídio da população negra existe e o MPPE se importa com isso”, afirmou.

Texto: Ascom – deputado estadual Ossesio Silva, com informações do Ministério Público de PE
Fotos: Jacqueline Calazans

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend