Você sabe quem é Tereza de Benguela e o que ela representa?

Você sabe quem é Tereza de Benguela e o que ela representa?

 

Hoje, 25 de julho, é celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latina Americana e Caribenha. No Brasil, essa data faz referência a Tereza de Benguela, mulher quilombola, rainha e chefe de estado, que viveu no século XVIII no Vale do Guaporé. Ela liderou o Quilombo de Quariterê, no estado do Mato Grosso, que resistiu da década de 1730 até o final do século.

Nós, mulheres, sabendo a importância desse dia, precisamos nos manifestar à frente de atividades para marcar a nossa representatividade.

Mulheres negras, assim como eu, e como muitas de vocês, seguimos uma cultura de racismo estrutural na nossa sociedade brasileira. No parlamento, precisamos promover um espaço para fortalecer a atuação política das mulheres negras e dar mais visibilidade.

Segundo dados apresentados pela pesquisa “Estatísticas de gênero – indicadores sociais das mulheres no Brasil“, divulgada em março de 2018 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres estudam por mais anos do que os homens. Ainda assim, entre pessoas de 25 a 44 anos de idade, o percentual de mulheres brancas com ensino superior completo (23,5%) é 2,3 vezes maior do que o de mulheres pretas ou pardas (10,4%). Os dados são reflexos de problemas sociais que, em pleno século XXI, não podem mais ser ignorados.

Considerando-se a cor ou raça, a desigualdade no atraso escolar se apresenta de forma considerável entre as mulheres: 30,7% das pretas ou pardas de 15 a 17 anos de idade apresentaram atraso escolar no ensino médio, enquanto que apenas 19,9% das mulheres brancas dessa mesma faixa etária estavam em situação semelhante.

As mulheres negras (caracterizadas pela soma de dados de pretas e pardas) são ainda as que mais se dedicam aos cuidados de pessoas e afazeres domésticos, com 18,6 horas semanais.

Esse é o mês de lembrar à população brasileira as mulheres negras que foram fundamentais na construção do país e que ainda hoje são invisibilizadas pelo machismo e pelo racismo. Somos negras e somos resistência. Queremos divulgar as ações promovidas pelo PRB Mulher nos estados e contamos com vocês.

*Rosangela Gomes é deputada federal pelo PRB Rio de Janeiro e coordenadora nacional do PRB Mulher

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

VER TODOS OS ARTIGOS
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.