Mulheres e o real sentido da Independência

Mulheres e o real sentido da Independência

As mulheres sempre tiveram um papel importante nos principais fatos históricos de nosso país, embora muitas vezes a historiografia oficial as tenha diminuído ou até esquecido. Não foi diferente nas batalhas pela Independência do Brasil na Bahia, onde a presença feminina foi decisiva no processo, e muitas se destacaram nas intensas batalhas, e na ajuda aos soldados.

Quando narramos os destaques na luta da Independência encontramos com maior facilidade as presenças de Joana Angélica, a freira que enfrentou corajosamente os portugueses, e Maria Quitéria, que chegou a se passar por homem, para ter o direito de desbravar os campos de batalhas. Essas bravas mulheres ficaram bastante conhecidas. Existem ainda registros de esposas de diversos fugitivos que atuaram decisivamente para ajudar seus maridos. Historiadores relatam que, na região de Saubara, mulheres se fantasiavam para assustar soldados, e assim levavam comida para os maridos nos esconderijos.

Mulheres incríveis traçaram os caminhos para nossa Independência. Porém, para que se faça justiça e reparação histórica, é de fundamental importância que o povo brasileiro, em especial os baianos, relembrem sempre a figura da valente Maria Felipa, dando-lhe o lugar de merecido destaque. Ela é pouco conhecida e citada em livros e na história oficial, porém, tem muita importância nas lutas pela Independência. Uma mulher da Ilha de Itaparica, negra, que liderou dezenas de mulheres nas batalhas, tendo relatos de que elas foram responsáveis por queimar diversas embarcações portuguesas, que gerou a queda de muitos soldados da tropa de Portugal.

Mulheres guerreiras, à frente de seu tempo. Uma época onde estávamos longe de pensar em qualquer tipo de autonomia feminina, elas fizeram a diferença com muita bravura. Essa coragem que nos motiva sempre, é essa coragem que conclamamos para que toda mulher dos dias atuais busque incessantemente pelos seus direitos, se não se sujeite a nenhuma manifestação de violência e não descanse, enquanto não tivermos ocupado todos os espaços devidos da sociedade. E um desses espaços, é justamente a política. Nossa verdadeira Independência, perpassa pela ocupação dos espaços ditos de poder, e de decisão.

Sim, precisamos mobilizar mulheres para ingressarem na política, afinal, ninguém melhor que nós mesmas, para pensarmos nossas políticas públicas. E se estamos descontentes, desmotivados com os rumos políticos do Brasil, a hora de mudança é agora. Confiamos na responsabilidade e sensibilidade feminina. A mudança que queremos deve partir de cada uma de nós. Precisamos estar unidas, em todas as dimensões, nos fortalecendo e propondo as intervenções necessárias no nosso país, por nós, por nossos filhos, pelas Joanas, Marias e Felipas. Pela verdadeira independência de nossa nação.

*Rogéria Santos é vereadora em Salvador pelo PRB

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

VER TODOS OS ARTIGOS
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.