Oliveira Filho pede rigor para punir exploração sexual infantil

Oliveira Filho comenta que CPI possui provas contundentes contra o prefeito de Coari (AM), Adail Pinheiro

Publicado em 29/08/2013 - 00:00

29_08_13_destaque03_pr_oliveira_filho_pede_rigor_crime_exploracao_sexual_infantil
Para o deputado federal Oliveira Filho (PRB-PR), o prefeito já deveria estar preso

Brasília (DF) – A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes da Câmara dos Deputados ouviu nesta terça-feira (27), a portas fechadas, o prefeito de Coari (AM), Adail Pinheiro, que é acusado de chefiar uma rede de exploração sexual de crianças e adolescentes. Para o deputado federal Oliveira Filho (PRB-PR), o prefeito já deveria estar preso.

“A impunidade protege os poderosos. Em qualquer outro lugar do mundo, este prefeito já estaria preso pelo crime de exploração sexual de menores. Está claro, tem evidências, provas, a degravação da polícia federal, os depoimentos verídicos”, reclama o republicano.

O prefeito começou a ser investigado pela PF (Polícia Federal) na Operação Vorax e foi denunciado pelo Ministério Público por chefiar a rede de prostituição infantil em 2008. De acordo com a relatoria da CPI, há provas contundentes da participação do prefeito no esquema.

A comissão vai pedir nos próximos dias a quebra do sigilo telefônico do prefeito e de outros suspeitos de manter uma rede de exploração sexual. Ainda segundo a relatora, há novas denúncias envolvendo o político.

Em julho, a CPI esteve no município de Coari, onde foi recebida com protestos, tanto por parte dos acusados do crime de pedofilia no município amazonense, como da população, que pedia o fim da impunidade. Mesmo sob protestos, a CPI conseguiu ouvir na cidade os depoimentos de dez testemunhas do suposto esquema de aliciamento e prostituição de menores.

Fonte: Portal R7 e Agência Câmara Notícias
Edição: Jamile Reis / Agência PRB Nacional
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro