Mulher reúne coordenadoras no Rio de Janeiro

Caravanas estão sendo organizadas para o I Congresso Nacional do PRB Mulher que ocorrerá em agosto na capital federal

Publicado em 26/03/2013 - 00:00

PRB Mulher reúne coordenadoras no Rio de Janeiro
Caravanas estão sendo organizadas para o I Congresso Nacional do PRB Mulher que ocorrerá em agosto na Capital Federal

Rio de Janeiro (RJ) – Coordenadoras de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal marcaram presença no IV Encontro Nacional do PRB Mulher ocorrido no Rio de Janeiro no último fim de semana, organizado pela presidente nacional, deputada estadual Rosangela Gomes (RJ), e pela vice-presidente, vereadora Tia Eron (BA), com o objetivo de apresentarem as diretrizes do I Congresso Nacional do PRB Mulher nos dias 8, 9 e 10 de agosto, em Brasília. Participaram da abertura do evento o vice-presidente nacional do PRB, senador Eduardo Lopes (RJ); a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na ALERJ, deputada estadual Inês Pandeló; a subsecretária estadual de Políticas Públicas Para Mulheres do Rio de Janeiro, Angela Fontes; a vereadora e presidente do PRB Mulher RJ, Tânia Bastos, e a primeira delegada de polícia concursadas do Estado, Maria Carmadella.

Na abertura do evento, a deputada Rosangela deu boas-vindas a todas as coordenadoras e, em especial, àquelas que estão assumindo essa responsabilidade em seus estados agora e que têm como missão desenvolver um trabalho que leve o movimento feminino republicano a um crescimento com qualidade. “Nossa meta é promover a inserção de mulheres nos espaços de poder. Queremos mostrar que somos parte do processo. Temos e podemos contribuir e muito!”, disse.

O senador Eduardo Lopes comentou que gostaria de ver mais mulheres ocupando posições de destaque e avaliou que falta, à própria mulher, se dispor durante o processo eleitoral. “O trabalho do PRB Mulher vai despertar isso em vocês porque onde há uma mulher ocupando espaço de decisão, de poder, o resultado tem sido muito bom”, afirmou o senador que disse ainda: “Essa bandeira tem que ser defendida com toda força e sei que força e disposição não faltam a nenhuma de vocês”, encerrou o discurso arrancando aplausos da plateia.

A deputada estadual Inês Pandeló, avalia que “ter mulheres no poder é consolidar a democracia no País”, por isso se faz tão importante a presença feminina nos partidos políticos. Na mesma linha de pensamento, a subsecretária Ângela Fontes, disse que os partidos e os movimentos sociais somente serão fortes com a presença da mulher. Para a pioneira na implantação da Delegacia da Mulher no Rio, Maria Carmadella, é preciso que os direitos da mulher sejam reconhecidos, que haja respeito e igualdade de oportunidades.

Convidada como palestrante, Dra. Vânia Aieta, advogada e jurista especialista em Direito Eleitoral, disse que as mulheres precisam de força para encarar as dificuldades, já que esse é um fator sempre presente no seu cotidiano. “Temos que fazer das decisões desfavoráveis, algo melhor e não desistir na primeira ou segunda dificuldade que se apresentarem. Não podemos deixar o desânimo prevalecer sobre nossos ideais. Muitas vezes, é preciso até endurecer para chegar onde queremos”, comentou.

“É um privilégio poder reunir todo o Brasil neste encontro e de ver refletido no trabalho do PRB Mulher, a satisfação e o valor que o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, tem em vê-las preparadas aqui e, assim, poderem compartilhar dessas experiências em seus estados, com as militantes republicanas”, declarou Rosangela Gomes.

Sobre o Congresso em Brasília, Rosangela comenta que, além de política, serão discutidas diretrizes para políticas públicas específicas para mulheres. “Estamos engajadas, imbuídas de um mesmo espírito e de uma mesma vontade de construir um País que tanto desejamos. Será um evento de três dias e não vamos deixar nada a desejar. Estaremos em Brasília com garra total, defendendo nossos ideais, defendendo que as mulheres tenham verdadeiramente o seu valor e sejam respeitadas”, finalizou.

Para a vice-presidente nacional do PRB Mulher, vereadora Tia Eron, o evento só veio confirmar o trabalho que as coordenadoras estão realizando, um trabalho sólido, fundamentado, resultante de um esforço em dar visibilidade à participação feminina nas esferas de poder. “Vimos que muitas coordenadoras já estão ocupando posições de destaque em seus estados”, observou Tia Eron ao dizer que “a cada encontro conseguimos superar o anterior, mas queremos avançar mais. E o nosso Congresso será, seguramente, a resposta que buscamos para avançar na questão de gênero”.

Por Helen Assumpção – Agência PRB Nacional
Foto: Mariana Ramos

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro