Ministro recebe medalha Ordem da Estrela do Acre

No mesmo dia, Marcelo Crivella assinou convênio que destina R$ 20 milhões para o cultivo de peixes por pequenos produtores do estado

Publicado em 10/12/2012 - 00:00

Ministro recebe medalha Ordem da Estrela do Acre
No mesmo dia, Marcelo Crivella assinou convênio que destina R$ 20 milhões para o cultivo de peixes por pequenos produtores do estado

Rio Branco (AC) – O ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella (PRB), recebeu do governador do Acre, Tião Viana, a Medalha Ordem da Estrela do Acre, a mais alta distinção conferida pelo estado a personalidades que tenham prestado relevante serviço ao estado e ao povo acriano. Na solenidade, o ministro lançou o Plano Safra da Pesca e Aquicultura para um auditório lotado de pescadores e aquicultores e vários deles foram chamados ao palco para assinarem contratos de financiamento com os bancos do Brasil e da Amazônia.

Na ocasião, o governador do Acre agradeceu o apoio que vem recebendo do MPA na parceria com o estado para alcançar em 5 anos a produção de 100 mil toneladas de peixe de cultivo.

“O ministro Crivella e a presidenta Dilma acreditam no potencial da piscicultura do Acre. Com os R$ 20 milhões do convênio assinado hoje, vamos atingir a meta de construir cinco mil tanques para cultivo de peixes em todo o estado do Acre beneficiando milhares de pequenos produtores”, afirmou Viana.

Crivella visita áreas de piscicultura do Acre

Na agenda de compromissos, o ministro Crivella esteve em visita, juntamente com o governador Tião Viana, à Zona de Processamento de Exportação, em Rio Branco, onde se localiza o Complexo de Piscicultura do Acre e as áreas de produção de alevinos do estado.

O Programa Desenvolvimento da Aquicultura prevê um complexo industrial do peixe, com centro de alevinagem, fábrica de ração e frigorífico e uma unidade de beneficiamento do pescado que vai atender todo o estado. Quando estiver concluído o complexo, a empresa Peixe da Amazônia SA vai processar 100 mil toneladas de pescado atendendo cerca de 16 mil famílias. O arranjo produtivo é inovador. Um tipo de PPC (Privado, público e comunitário). Os pequenos produtores são também acionistas da fábrica de ração, da unidade de alevinagem e do centro de beneficiamento.

Texto e foto: Por MPA
Edição: Helen Assumpção – Comunicação Nacional do PRB

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro