Marcelo Crivella traça diagnóstico preocupante da economia fluminense

Senador fez um diagnóstico do quadro da situação vivida pelo Brasil, a qual, em sua opinião, tem reflexos mais preocupantes no Rio de Janeiro.

Publicado em 09/04/2015 - 00:00

Marcelo Crivella traça diagnóstico preocupante da economia fluminense
Crivella fez um diagnóstico do quadro da situação vivida pelo Brasil, a qual, em sua opinião, tem reflexos mais preocupantes no Rio de Janeiro

 

Brasília (DF) – “A crise começa a deixar de ser conjuntural para se tornar estrutural e, se ela não for detida e revertida, estaremos diante de um retrocesso histórico”. O diagnóstico é do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), ao traçar, nesta quarta-feira (08/04), um quadro da situação vivida pelo Brasil, a qual, em sua opinião, tem reflexos mais preocupantes no Rio de Janeiro. Ele disse que o momento só encontra paralelo na decadência da produção cafeeira em 1920, que deprimiu a economia durante décadas.

“Muitas regiões nunca mais se recuperaram, o que marcou profundamente a história econômica do Brasil, com a formação de uma gigantesca conurbação em torno da capital (na época, o Rio de Janeiro), onde se concentram nada menos do que 80% da população fluminense”, disse.

De acordo com Marcelo Crivella, os números disponíveis em todas as agências de governo desenham um quadro preocupante para seu estado, onde a crise econômica está se instalando muito mais rapidamente que na média nacional. De posse de dados do ministério do Trabalho, ele disse que, entre dezembro de 2014 e janeiro 2015, o Brasil perdeu 81.774 empregos com carteira assinada. Praticamente a metade dessas demissões, ou seja, 40.658, ocorreram no Rio de Janeiro, acrescentou ele.

O senador também disse que o maior declínio foi na construção civil do seu estado, onde as demissões equivaleram a 82% das demissões em todo o país. Também disse que o setor de serviços perdeu 11.658 postos de trabalho, enquanto o Brasil como um todo perdeu apenas 7.141.

Isso quer dizer — constatou ele — que o saldo de contratações no setor de serviços, no inicio de 2015, teria sido positivo no conjunto do país se as dificuldades no Rio de Janeiro não fossem tão expressivas.

Fonte: Agência Senado
Foto: Geraldo Magela / Agência Senado

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro