Heleno Silva e Jony Marcos pedem mudanças na distribuição de água pelo Exército em SE

Republicanos receberam sinal verde do governo federal para mudança na logística de distribuição de água pelo Exército no sertão de Sergipe

Publicado em 09/11/2016 - 00:00

Heleno Silva e Jony Marcos estão empenhados em resolver o problema da falta de água para as famílias sergipanas que estão sofrendo com a seca na região
Heleno Silva e Jony Marcos estão empenhados em resolver o problema da falta de água para as famílias sergipanas que estão sofrendo com a seca na região composta por sete municípios

Brasília (DF) – Em busca de solução para o problema da seca no alto-Sertão da Paraíba, o prefeito de Canindé de São Francisco (SE), Heleno Silva (PRB), e o deputado federal Jony Marcos (PRB-SE) estiveram com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, para resolver o problema com a falta de água na região. A reunião foi realizada em Brasília, na última terça-feira (8) e foi um desdobramento do encontro que tiveram com o presidente da República, Michel Temer no final do mês passado. Os republicanos solicitaram, mais uma vez, providências para ampliar o número de caminhões pipas na região.

Os republicanos reforçaram o pedido de ajuda e explicaram que as áreas atingidas, embora estejam contando com a assistência do Exército, a água distribuída não tem sido suficiente. Isso porque a logística de entrega de água por meio dos carros pipa, conhecidos no sertão como “carradas d’água” não atende a realidade dos municípios.

Heleno Silva, mesmo em final de mandato, fez questão de tratar do assunto com o governo federal. Dos sete prefeitos da região, somente ele esteve em Brasília. Durante a reunião, o prefeito ressaltou a preocupação do Governo do Estado de Sergipe em relação ao povo sertanejo. “O governo estadual apresentou projetos para abastecimento de água destinado ao consumo animal e compra de ração, somando ao trabalho da Defesa Civil e do Exército, vamos ter melhorias em nossa região”, comentou o republicano, que classificou a reunião como muito proveitosa. “A questão das ‘carradas d’água’ depende agora de cada município e da Defesa Civil estadual. Canindé já fez o novo levantamento e já enviou ao Exército”, concluiu.

A região passa por uma enorme estiagem e as famílias precisam contar com a ajuda do Exército para ter água tratada em casa. “É preciso mudar a metodologia utilizada pelo Exército para cadastrar as famílias que serão beneficiadas. O número que eles têm oferecido na região é muito inferior da real necessidade do povo. Agora, com o empenho direto do ministro da Integração Nacional e a preocupação do presidente Temer, saímos daqui mais confiantes na solução dessa dificuldade que nosso tempo tem passado”, declarou o deputado federal Jony Marcos

Durante o encontro, o ministro Helder Barbalho pediu para que os municípios apresentassem um novo relatório da Defesa Civil estadual para que esse problema seja mapeado e solucionado. O ministro aproveitou para apresentar um projeto que será realizado em todo o Nordeste sobre perfuração de poços com nova tecnologia, e informou que o presidente Temer está preocupado com a região.

A reunião também contou com a presença do secretário de Agricultura do Estado de Sergipe, Esmeraldo Leal; do deputado federal Fábio Reis; do tenente-coronel da Defesa Civil, Gilfran Matheus; e representantes do Exército.

O Alto-Sertão Paraibano é composto por sete municípios e uma população de quase 150 mil habitantes, sendo que mais da metade vive na zona rural. Fazem parte da região, as cidades de Monte Alegre de Sergipe, Nossa Senhora da Glória, Canindé de São Francisco, Gararu, Nossa Senhora de Lourdes, Poço Redondo e Porto da Folha.

Texto: Agência PRB Nacional, com informações da Ascom – PRB Sergipe
Fotos: Ascom – PRB Sergipe

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro