Projeto “Quem Ama Cuida” transforma vidas no Pará

Projeto “Quem Ama Cuida” transforma vidas no Pará

Em entrevista, o deputado federal e idealizador do projeto, Vavá Martins, detalhou as ações da iniciativa em busca de uma sociedade comprometida com o meio ambiente

Idealizador do projeto “Quem Ama Cuida”, o deputado federal Vavá Martins (Republicanos-PA) foi o entrevistado desta semana da Agência Republicana de Comunicação (Arco) para detalhar as ações desenvolvidas pela iniciativa ao longo de quatro anos no estado do Pará. O “Quem Ama Cuida” vem transformando vidas naquele estado ao levar conscientização por meio de ações inovadoras em busca de uma sociedade comprometida com o meio ambiente, os animais, idosos e todos aqueles que necessitam de atenção e cuidados especiais, esse é o maior propósito.

O projeto conta com voluntários que cuidam de ações projetadas para desenvolver soluções práticas e ações gratuitas sem fins lucrativos.

“Quem Ama Cuida” foi apresentado recentemente pelo parlamentar à Câmara dos Deputados como um dos programas sustentáveis na redução da produção de lixo.

Confira a entrevista

Arco – Por que defender a bandeira do meio ambiente e da sustentabilidade?

Vavá Martins – Poderia falar inúmeros motivos, porém não tem como falar em sustentabilidade sem vincular ao meio ambiente, e somos parte integrada desse ciclo, afinal sustentabilidade é basicamente a capacidade que o ser humano possui de usufruir dos recursos naturais do planeta sem comprometê-los ou esgotá-los. Quando falamos de recursos naturais, estamos nos referindo justamente ao meio ambiente, pois tudo que utilizamos no nosso dia-dia depende diretamente ou indiretamente dele. Preservar o meio ambiente, dessa forma, se torna um dos principais pilares da sustentabilidade. E levanto essa bandeira porque é meu dever como cidadão e parlamentar zelar pelo bem-estar social e não há como fazer isso sem a preocupação em preservar e dar opções que venham contribuir com o nosso planeta. Tudo está conectado: a economia, desenvolvimento, geração de emprego, saúde, educação, esses principais pontos estão associados diretamente à preservação ambiental.

Arco – Como surgiu o projeto “Quem Ama Cuida” e como ele funciona?

Vavá Martins – O projeto “Quem Ama Cuida” é totalmente sem fins lucrativos e surgiu há quatro anos, justamente para trazer soluções em meio ao caos e diversos problemas que os paraenses padeciam com relação à falta de gestão pública e de informação. Quando percebi onde haviam deficiências, passei a buscar medidas práticas para mudar a realidade em que o estado e a capital se encontravam, com isso semanalmente são criadas ações inovadoras onde agregamos, junto com a população, a transformação social. Já fizemos vários trabalhos pioneiros como as hortas comunitárias, oficinas para idosos e crianças, de destinação de resíduos nos semáforos, coletivos, praias, grandes eventos, restaurantes e onde observamos a necessidade de um plano de logística para os resíduos sólidos. E a população tem aderido. Já em nosso primeiro encontro, mais de 150 pessoas estiveram presentes.

Arco – Existem ações já concretizadas por meio dessa iniciativa?

Vavá Martins – Várias, como os jardins comunitários nas comunidades, as hortas, empresas como a Thyssenkrupp que através do “Quem Ama Cuida” passaram a fazer a separação de resíduos. Mapeamento de todas as cooperativas de reciclagem de Belém e região metropolitana, onde o projeto realiza um trabalho de conscientização nos bairros, estabelecimentos comerciais, canais, universidades. Implementação da coleta seletiva em restaurantes na zona praieira. Mais de 50 praças foram revitalizadas, além da instalação de comedouros e bebedouros para animais em situação de rua, além do Cine Quem Ama Cuida, onde bairros periféricos recebem uma ação de cinema.

Arco – A ideia do “Quem Ama Cuida” já funciona em outros estados?

Vavá Martins – A ideia tem se expandido para vários estados, cerca de 12 estados. Como exemplo, posso citar o estado da Paraíba e Rio Grande do Sul.

Arco – Recentemente, seu gabinete recebeu o certificado “Lixo Zero”. Que projeto é esse?

Vavá Martins – O Instituto Lixo Zero, fundado em 2010 no Brasil, foi idealizado por Rodrigo Sabatini e possui um reconhecimento internacional. É uma organização da sociedade civil autônoma visando articular, mobilizar e Provocar novas atitudes nas comunidades nacionais e internacionais promovendo a prática do Lixo Zero nos diversos segmentos da sociedade. Ser referência nacional e internacional na disseminação e aplicação do conceito Lixo Zero, promovendo a sustentabilidade da cadeia de resíduos para uma sociedade livre de descartes. No meu gabinete fazemos a destinação correta dos resíduos, reutilizamos materiais como vidro, abrimos mão de uma das impressoras, pois reforçamos a importância do consumo consciente, não usamos nenhum descartável ou plástico de uso único, adotamos sempre materiais que tenham durabilidade e não poluam o meio ambiente.

Arco – Desde o final de agosto, muitas praias no litoral nordestino, fauna, flora, pesca e a indústria do turismo têm sido afetados por manchas de petróleo. O que tem sido feito no Congresso para resolver esse grave problema?

Vavá Martins – Meu Projeto de Lei nº 2293/2029 diz respeito à instalação de ecobarreiras nas redes hidrográficas, esse tema sido abordado de maneira recorrente por mim na Câmara dos Deputados. Como membro da Comissão do Meio Ambiente e parlamentar que defende a preservação da natureza como um todo, lamento que mais de 150 praias nordestinas tenham sido atingidas por tamanho desastre. São animais que estão morrendo, são pais de família desempregados, pois sobrevivem da pesca, do turismo e de inúmeras atividades que necessitam da preservação desses recursos. É necessário celeridade para agir diante de situações como essa, para neutralizar os estragos. Estamos apurando junto a órgãos, como a Marinha, e pretendemos convocar uma audiência pública para discutir as medidas que foram adotadas diante desse crime ambiental.

Arco – O que precisa ser feito para que os brasileiros sejam mais conscientes em relação ao meio ambiente?

Vavá Martins – É impossível salvar o planeta sem conscientizar todos os cidadãos. Precisamos compartilhar as informações que hoje temos, a fim de sensibilizar. Pois o resultado virá a partir de cidadãos conscientes, são passos importantes e primordiais para que o quesito de integração entre meio ambiente e o ser humano funcione. Temos que agregar e ressaltar que é responsabilidade não só do poder público trazer soluções, mas deve partir da população também. Por isso, empoderar é reforçar as habilidades e aproximar a comunidade da solução por meio da autonomia e do conhecimento.

Por Agência Republicana de Comunicação (Arco), com a colaboração especial de Natália Matos/Ascom – deputado federal Vavá Martins
Fotos: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

LEIA TODAS AS ENTREVISTAS DA SEMANA
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.