Em Pequim, Marcos Pereira assina memorando de entendimento em comércio eletrônico

O documento fortalece a cooperação dos dois países e busca promover o aumento das relações econômicas neste setor

Publicado em 01/09/2017 - 00:00

Em Pequim, Marcos Pereira assina memorando de entendimento em comércio eletrônico
Ministro também renovou instrumento de cooperação entre Inmetro e a agência chinesa de metrologia

Pequim (China) – O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira (PRB), assinou nesta sexta-feira (1º), em Pequim, um Memorando de Entendimento (MoU) em comércio eletrônico com o governo chinês. O documento fortalece a cooperação dos dois países e busca promover o aumento das relações econômicas neste setor.

“O comércio eletrônico é um tema que vem ganhando espaço nos fóruns internacionais. Esta parceria com a China vai promover um ambiente favorável para trocarmos experiências, fortalecermos e diversificarmos nossas ações, sempre em diálogo com o setor privado”, destacou Marcos Pereira.

Como explicou o secretário de Comércio e Serviços do MDIC, Marcelo Maia, a parceria também irá colaborar para o desenvolvimento de mecanismos de regulação. “Com o intercâmbio de informações, podemos avançar em questões como promoção e regulação do comércio eletrônico. Será possível ainda conhecer como as empresas dos dois países lutam contra fraudes e como são realizadas medições e estatísticas do setor”, disse.

No ano passado, o MDIC assinou um MoU sobre cooperação no comércio de serviços com a China. Por meio do instrumento, os países buscam aumentar as relações econômicas em comércio, investimentos em serviços e a troca de melhores práticas neste setor.

Durante a reunião de Ministros de Comércio dos BRICS, realizada em agosto, Marcelo Maia, que participou do encontro representando o ministro Marcos Pereira, assinou o Plano de Ação deste MoU. Do lado chinês, chancelou o documento o vice-ministro de Comércio Chinês, Wang Shouwen.

Inmetro

Nesta sexta-feira (1º) também foi renovado um instrumento de cooperação assinado entre o Inmetro e a AQSIQ (Administração Geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena), agência chinesa responsável pela metrologia e qualidade nacional. O documento, celebrado em 2011, tem o objetivo de aprimorar a conformidade dos produtos comercializados aos regulamentos obrigatórios do Brasil e da China.

Marcos Pereira explicou que o MoU irá melhorar os mecanismos de vigilância entre os dois países e, desta forma, reduzir o número de acidentes com esses produtos. “O objetivo também é ampliar e aperfeiçoar o diálogo que já existe entre o Inmetro e o órgão similar chinês para, entre outras diversas vantagens, tornar mais célere o processo de importação e exportação entre os dois países”, disse.

Agenda

Nesta sexta, o ministro acompanhou a agenda do presidente Michel Temer em Pequim. A comitiva teve um encontro com o presidente chinês Xi Jinping. Também foram realizadas reuniões com o primeiro-ministro da República Popular da China, Li Keqiang, e com o presidente da Assembleia Popular Nacional, Zhang Dejiang. O titular do MDIC participou ainda da cerimônia de aposição de flores no Monumento dos Heróis do Povo e foi recebido em jantar oficial oferecido por Xi Jinping.

No sábado (2/9), Marcos Pereira discursará no Seminário de Oportunidades de Investimento, organizado pela Apex. O ministro apresentará, a uma plateia formada por autoridades, empresários e investidores chineses, as iniciativas adotadas pelo MDIC que colaboram para a retomada do crescimento econômico brasileiro.

Encerrada a agenda em Pequim, a comitiva brasileira seguirá para Xiamen, onde será realizada a reunião de cúpula do BRICS. No domingo (3/9), Marcos Pereira participará da abertura do Fórum Empresarial do bloco. Em seguida, se reúne com CEOs brasileiros que compõem o Conselho Empresarial do BRICS.

No dia 4, o ministro acompanhará o presidente Michel Temer em encontros bilaterais com os primeiros-ministros da Tailândia e da Índia. A missão oficial termina no dia 5, com a realização do Diálogo dos Chefes de Estado e de Governo do BRICS e das Economias Emergentes e Países em Desenvolvimento.

Texto: Ascom – MDIC
Foto: Beto Barata/PR

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend