Em Goiânia, controle do número de frequentadores em casas noturnas poderia virar lei

Objetivo quer evitar tragédias como a que ocorreu na boate Kiss.

Publicado em 05/01/2015 - 00:00

Em Goiânia, controle do número de frequentadores em casas noturnas poderia virar lei
Objetivo quer evitar tragédias como a que ocorreu na boate Kiss.

 

RETROSPECTIVA

Goiânia (GO) – No mês de abril de 2014, o vereador Rogério Cruz (PRB-GO) apresentou projeto durante sessão plenária na Câmara Municipal de Goiânia sugerindo que casas noturnas da capital instalem dispositivos que contem a quantidade de pessoas nesses locais, recentemente.

Segundo o documento, o número de pessoas no recinto deveria ser exibido em tempo real para todos ao lado do número de lotação máxima permitida e o arquivo eletrônico com a contagem de cada noite deveria ser guardado por no mínimo 30 dias para fins de fiscalização. A regra valeria para estabelecimentos com capacidade acima de 100 pessoas.

Rogério Cruz explicou que diante do número insuficiente de fiscais e a falta de condições do poder público em fiscalizar esses locais de forma mais efetiva, torna-se necessário possibilitar maior controle por parte dos frequentadores de casas noturnas. “Até mesmo para despertar o interesse dessas pessoas quanto aos perigos da superlotação nos estabelecimentos”, observou à época.

O vereador ressaltou que o objetivo é evitar que tragédias como a da Boate Kiss em Santa Maria (RS), ocorrida em janeiro de 2013 e que deixou saldo de 242 mortes e centenas de feridos, se repitam.

Fonte e foto: Ascom – vereador Rogério Cruz

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no novo portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o email:pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro