Eduardo Lopes vai relatar PEC que aumenta fundo dos municípios

Repasse será de 2% e deve minimizar situação de vários municípios

Publicado em 22/10/2013 - 00:00

28_01_13_destaque01_rj_pai_podera_questionar_paternidade_reconhecida002
No final da semana passada, foi definida a relatoria da proposta, que ficará sob a responsabilidade do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ)

Brasília (DF) – A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 29/2013 que aumenta em dois pontos porcentuais o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) começará a ser movimentada no Senado Federal. No final da semana passada, foi definida a relatoria da proposta, que ficará sob a responsabilidade do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ).

A PEC altera a redação do artigo 159 da Constituição Federal, aumentando em 2% o repasse do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que compõem FPM. A medida minimiza os efeitos da crise econômica em grande parte dos municípios brasileiros.

O argumento é de que na tentativa de estimular a superação da crise econômica mundial, o Governo Federal decidiu promover a desoneração de impostos, entre eles o IPI, o que impactou diretamente no repasse do Fundo de Participação dos Municípios.

A subcomissão vai passar a se reunir mensalmente, em vez de quinzenalmente, para possibilitar aos integrantes atuação em temas pertinentes aos municípios. As reuniões acontecerão sempre na terceira terça-feira de cada mês. A próxima reunião do colegiado será no dia 19 de novembro.

Texto: Helen Assumpção / Agência PRB Nacional, com informações da Agência Senado e o Jornal O Dia
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro