Daniel Figueiredo apoia passeio ciclístico no Riacho Fundo II

Objetivo foi conscientizar a sociedade para o fim do preconceito com a síndrome de Down

Publicado em 01/04/2017 - 00:00

Objetivo foi conscientizar a sociedade para o fim do preconceito com a síndrome de Down

Riacho Fundo II (DF) – A Administração Regional do Riacho Fundo II, liderada pelo republicano Daniel Figueiredo (PRB), apoiou a segunda edição do Passeio Ciclístico Down. O intuito foi chamar a atenção para o fim do preconceito com a síndrome de Down.

Figueiredo destacou a importância da conscientização em vários aspectos. “Existem pessoas que são preconceituosas em vários aspectos e quando chegou a proposta de fazermos um evento em alusão a data, decidimos apoiar imediatamente. Continuaremos dando toda a força nas próximas edições. A participação da comunidade mostra que a intenção é realmente quebrar tabus e barreiras e unir todas as pessoas”, destacou o republicano.

daniel-figueiredo-prb-apoia-passeio-ciclistico-no-riacho-fundo-ii-foto-ascom-04-04-17-02O evento foi idealizado por Enrique Darvin, pai de Noah que é portador da síndrome. “Quando soube que meu filho era especial, fiquei muito revoltado porque foi um choque. Mas depois, entendi o significado e junto com a minha família resolvemos estudar sobre o assunto. E como sempre, gostei de pedalar e resolvi fazer esse passeio como objetivo de despertar o interesse pelo esporte que é um aliado importante para promover o fortalecimento muscular e a socialização, entre outros benefícios. Além disso, mostrar que somos todos iguais e que o normal é ser diferente”, ressaltou.

O evento contou ainda com a presença do deputado distrital Julio Cesar (PRB-DF) e da professora Janaína, da Secretaria de Educação, que ressaltou em sua palestra que o Brasil está muito à frente de outros no sentido de acolher crianças especiais. “A rede pública de educação tem os melhores profissionais e possui um processo criterioso para trabalhar com crianças especiais, ” explicou.

Saiba mais

A síndrome de Down (SD) é uma alteração genética produzida pela presença de um cromossomo a mais, o par 21. É também conhecida como trissomia 21. A SD foi descrita em 1866 por John Langdon Down. Esta alteração genética afeta o desenvolvimento do indivíduo, determinando algumas características físicas e cognitivas. A maioria das pessoas com SD apresenta a denominada trissomia 21 simples, isto significa que um cromossomo extra está presente em todas as células do organismo, devido a um erro na separação dos cromossomos 21 em uma das células dos pais.

Texto e foto: Geysa Albuquerque / Ascom – Administração do Riacho Fundo II

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro