Carlos Gomes vota contra o veto ao reajuste da Defensoria Pública da União

“Esse veto é uma injustiça àqueles que fazem justiça para os mais pobres”, disse o republicano

Publicado em 19/10/2016 - 00:00

Carlos Gomes vota contra o veto ao reajuste da Defensoria Pública da União
“O Congresso Nacional perdeu a oportunidade de viabilizar o reconhecimento salarial que os profissionais merecem”, lamentou o parlamentar

Brasília (DF) – O deputado federal Carlos Gomes (PRB-RS) votou nesta terça-feira (18) contra o veto da Presidência da República ao Projeto de Lei 2447/2015, da Defensoria Pública da União (DPU), que aumentava o salário dos defensores públicos federais em 60%.

Pelo texto, o reajuste, divido em quatro parcelas, valeria para as categorias de defensor de 2ª categoria (início de carreira), de 1ª categoria (intermediário) e especial (final) – que passariam a ter faixas salariais com diferenças de 5% entre elas. “Esse veto é uma injustiça àqueles que fazem justiça para os mais pobres. O Congresso Nacional perdeu a oportunidade de viabilizar o reconhecimento salarial que os profissionais merecem”, lamentou o parlamentar.

Texto: Jorge Fuentes / Ascom – deputado federal Carlos Gomes, com informações da Agência Câmara Notícias
Foto: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend