Aprovado projeto de Atílio Francisco que beneficia usuários de estacionamentos de SP

Segundo o vereador, os estacionamentos adotam práticas abusivas nos preços.

Publicado em 01/12/2015 - 00:00

Aprovado PL de Atílio Francisco que obriga estacionamentos a adotarem sistema de cobrança pelo período de permanência
Segundo Atílio Francisco, com o aumento da frota de veículos na capital paulista e a redução do número de vagas nas ruas, os estacionamentos adotam práticas abusivas nos preços.

 

São Paulo (SP) – A Câmara Municipal de São Paulo aprovou na última semana o Projeto de Lei 193/2013, de autoria do vereador Atílio Francisco (PRB-SP), que obriga os estabelecimentos particulares de veículos a adotarem um sistema de cobrança com ‘critério único’, durante o período de permanência.

Conforme pesquisas, há mais de sete milhões de veículos em São Paulo e os motoristas que utilizam os serviços de estacionamentos particulares fazem diversas reclamações.

Segundo o republicano, com esse aumento na capital, houve redução do número de vagas nas ruas, então os estacionamentos adotam práticas abusivas nos preços. A proposta é coibir essa iniquidade. “O usuário pagará pelo tempo de permanência, por exemplo, se uma pessoa utiliza o estacionamento por 15 minutos, ela não precisará pagar o valor de uma hora, e sim um preço específico para essa pequena pausa”, afirmou.

 

Texto: Raquel Braz / Ascom PRB São Paulo, com informações de Isac Rosa / Ascom vereador Atílio Francisco
Foto: Cedida

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro