Reforma dos Militares, fim das saídinhas e oléo nas praias são destaques de outubro

Reforma dos Militares, fim das saidinhas e óleo nas praias

Em outubro, parlamentares do Republicanos foram resposáveis pelo avanço da reforma do Militares, o fim das saidinhas e investigação sobre o óleo em praias brasileiras 

Publicado em 15/01/2020 - 00:00

Brasília (DF) – O mês de outubro de 2019 contou com a aprovação de assuntos nacionais e a atuação firme da Bancada Republicana para fazer os temas avançarem na Câmara dos Deputados. Em discussão, no Grupo de Trabalho do Projeto Anticrime, o deputado federal Lafayette de Andrada (Republicanos-MG) conseguiu aprovar uma emenda que acaba com as saidinhas de condenados por crimes hediondos que tiveram como resultado a morte.

Na avaliação do republicano, não faz sentido liberar presos que mataram, por exemplo, alguém de matou o próprio pai para comemorar o Dia dos Pais. “Sem contar que o criminoso que tem a possibilidade de sair em datas comemorativas como o Dia das Mães e dos Pais, acaba, às vezes, cometendo um delito nesta saidinha.  

Outra proposta que avançou na Câmara foi a Reforma dos Militares. O deputado federal Vinicius Carvalho (Republicanos-SP), relator do projeto, apresentou e teve o relatório aprovado pela Comissão Especial que analisa o tema na Casa Legislativa. O deputado conseguiu aprovar a incorporação os praças das Forças Armadas – soldados, cabos, sargentos e subtenentes, entre outros – e dos policiais militares e bombeiros militares dos estados e do Distrito Federal na reforma.

As mudanças aprovadas incluem tempo mínimo de serviço para passar para a inatividade subirá dos atuais 30 para 35 anos, com pelo menos 25 anos de atividade militar, para homens e mulheres; remuneração será igual ao último salário (integralidade), com reajustes iguais aos dos ativos (paridade), entre outras alterações.

Liderada pelo deputado federal Marcos Pereira (Republicanos-SP), vice-presidente da Câmara dos Deputados, uma comissão externa foi criada para avaliar a contaminação do litoral do Nordeste com o derramamento de petróleo em alto mar e que atingiu dezenas de praias do Brasil. O colegiado conta com a participação de 18 deputados, entre eles os republicanos Benes Locádio (RN), Márcio Marinho (BA) e Silvo Costa Filho (PE). 

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos-RN) foi apontado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) como o parlamentar que mais vem atuando na defesa dos interesses dos municípios na Câmara dos Deputados. No ranking geral, onde aparecem 512 deputados federais, Benes figurou a 1ª posição.

Benes Leocádio é conhecido pela atuação em defesa dos municípios. Ele desenvolve um trabalho intenso trabalho dedicado ao fortalecimento do municipalismo, com a apresentação de propostas e apoio nas votações dos projetos importantes para as cidades. Além de ocupar a vice-presidência da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Municípios (FMB), é membro titular da Comissão Especial destinada a proferir parecer à PEC 391-A/2017, do Senado Federal, que disciplina a distribuição dos recursos pela União ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Por Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

 

Reportar Erro