Prova de vida do INSS volta em maio; veja o calendário

A exigência será feita de forma escalonada, até novembro, para evitar aglomerações nas agências bancárias

Publicado em 11/03/2021 - 09:00

Brasília (DF) – A prova de vida dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltará a ser exigida a partir de maio deste ano. A cobrança, por sua vez, será feita de forma escalonada, até novembro, para evitar aglomerações nas agências bancárias.

A prova de vida foi instituída para evitar fraudes. Segundo o órgão, muitas vezes, o segurado do INSS falecia e os parentes continuavam recebendo o benefício ou mesmo havia uma falha do sistema, de todos os cartórios de registros, que não inseriram essas informações no banco de dados, e dessa forma o INSS continuava pagando esse benefício.

Em maio, por exemplo, apenas os aposentados e pensionistas que tinham que ter feito a prova de vida em março e abril do ano passado devem se dirigir a uma agência bancária. Já em junho, é a vez de quem deixou de fazer a prova de vida em maio e junho do ano passado. E assim por diante, com duas competências por mês.

Como proceder

Tenha em mãos o documento com foto e o número do benefício para facilitar a identificação Como todo mês esse segurado ou procurador vai ao banco receber o benefício, ele já pode aproveitar para fazer a prova de vida. Exija o comprovante que foi feito o pedido da prova de vida, pois é possível comprovar esse pedido formal.

O beneficiário deve exigir o comprovante tanto na agência do INSS como no banco pagador. O procurador deve levar a procuração original, porque às vezes acontece alguma falha de comunicação e tem o documento para tirar qualquer dúvida, também é disponibilizado um documento que essa pessoa compareceu no local.

Prova de vida digital

A prova de vida digital é feita por biometria facial e dispensa o comparecimento presencial ao banco em que se recebe o benefício, onde normalmente é feito o procedimento. Portanto, este procedimento ainda está em fase piloto.

Para realizar a biometria facial, são usadas as bases de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por esse motivo, o acesso está sendo liberado, no momento, somente para segurados que tenham carteira de motorista ou título de eleitor, informou o INSS.

Pela alta demanda digital devido à pandemia de Covid-19, o sistema do INSS – Meu INSS –  tem enfrentado dificuldade para atualização e confirmação dos dados junto à própria instituição, pode acontecer que a pessoa tenha feito o cadastro e não foi efetivada, por isso é mais seguro fazer de forma presencial.

O importante é que aposentados e pensionistas que não fizeram a prova de vida após março de 2020 e assim permanecerem até abril de 2021 não terão seus benefícios bloqueados, desde que façam a renovação conforme o novo calendário, entre maio e novembro deste ano.

Calendário da retomada da prova de vida

Mês em que a prova de vida venceu Novo prazo para a prova de vida
Março e abril de 2020 Maio de 2021
Maio e junho de 2020 Junho de 2021
Julho e agosto de 2020 Julho de 2021
Setembro e outubro de 2020 Agosto de 2021
Novembro e dezembro de 2021 Setembro de 2021
Janeiro e fevereiro de 2021 Outubro de 2021
Março e abril de 2021 Novembro de 2021

Fonte: INSS

 

Por Agência Republicana de Comunicação – ARCO, com informações do INSS
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

 

Reportar Erro
Send this to a friend